Empresário defende parceria entre Cabo Verde e Angola para gerar oportunidades de negócios

 

Cidade da Praia, 27 Jul (Inforpress) – O empresário/docente universitário João Dono defendeu hoje, na Cidade da Praia, a necessidade de se estabelecer parcerias do sector privado entre Cabo Verde e Angola para gerar oportunidades de negócios nos dois países.

A anteceder uma conferência intitulada “Parcerias entre Cabo Verde e Angola: oportunidades de investimentos e quadro legal”, João Dono disse que a criação de “bom ambiente de negócio” para atracção do investimento privado nos dois países “é fundamental na estratégia de diversificação” da economia.

“É muito importante a aposta no sector privado e para isso há que criar um quadro legal competitivo. Em Angola, por exemplo foi aprovado a lei do investimento privado em 2015. Uma lei atractiva, com benefícios fiscais para o investidor externo”, sublinhou João Dono.

Durante a conferência sobre o clima de negócios e as oportunidades de investimento que os dois países oferecem os empresários partilharam experiências empresariais.

A conferência foi promovida pelo Instituto Democracia e Desenvolvimento (IDD),  um “think tank” e ONG privada, apartidária, independente e sem fins lucrativos, que actua em prol da Democracia e Desenvolvimento de Cabo Verde e de África com foco em áreas como Incubação de Negócios (IDD Oficina), formação de lideranças executivas para o sector público e privado (IDD Executive Education) e consultoria em gestão, políticas públicas e desenvolvimento local (IDD Consultoria).

No final da conferência foi assinado de um protocolo entre o IDD e a empresa angolana JD – Consultoria & Serviços, com o objectivo de se estabelecer as condições de cooperação técnica e institucionais entre as duas partes, nas áreas de consultoria e da promoção do empreendedorismo de negócios em Cabo Verde e África, com “especial enfoque” na sub-região da Costa Ocidental da África.

JL/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos