Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Empresa que gere portos de Cabo Verde com lucros de 4 M€ em 2019

Cidade da Praia, 02 Set (Inforpress) – A empresa pública Enapor, que gere os portos de Cabo Verde, gerou quatro milhões de euros de lucros em 2019, mas vai aplicar 75% desse resultado em reservas para investimento e distribuir apenas 20% em dividendos ao Estado.

De acordo com o relatório e contas de 2019, a que a Lusa teve hoje acesso, o resultado líquido da empresa portuária cabo-verdiana, actividade que o Governo anunciou anteriormente que pretende concessionar a privados, caiu 1,6%, face a 2018.

Este resultado é explicado no documento com a quebra de 0,3% no volume global de negócios da empresa, devido à revisão em baixa de algumas tarifas, já que o negócio portuário até aumentou em 2019.

O resultado líquido da Enapor, empresa totalmente pública, cifrou-se assim em 442,9 milhões de escudos (quatro milhões de euros), com o conselho de administração a decidir aplicar 5% do lucro nas reservas legais obrigatórias, distribuindo 20% ao accionista Estado, equivalente a 88,6 milhões de escudos (800 mil euros).

Os restantes 332,2 milhões de escudos (três milhões de euros), equivalente a 75% do total dos lucros de 2019, serão aplicados numa reserva de investimentos.

“Ciente da necessidade do reforço do parque de equipamentos portuários e da comparticipação no financiamento das obras de expansão do Porto Inglês”, justifica a administração no relatório e contas.

No documento, a administração da Enapor refere que as obras em curso de expansão e modernização do Porto Inglês, na ilha do Maio, estão avaliadas em 1.910 milhões de escudos (17,2 milhões de euros).

Globalmente, os nove portos cabo-verdianos geridos pela Enapor registaram em 2019 um recorde de passageiros em navios cruzeiros, de 49.860 em 147 navios.

O movimento das ligações marítimas interilhas cresceu 9,1%, para mais de 1.071.263 passageiros em 2019, enquanto que o movimento global de mercadorias aumentou 2,7%, para 2.667.254 toneladas.

Inforpress/Lusa

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos