Emprego protecção social e saúde continuam a ser as prioridades do Governo em 2021 – PM

Cidade da Praia, 11 Jan (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, reafirmou hoje que o ano de 2021 vai ser também um ano de prioridades para as pessoas, com o emprego, a protecção social e a saúde no centro das atenções.

Ulisses Correia e Silva que falava na cerimónia de apresentação dos cumprimentos de ano novo ao Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, salientou que 2020 foi um ano “muito difícil” em termos de saúde pública, económico e social em Cabo Verde e em toda a parte do mundo.

“Nós estamos num cenário de muita dificuldade e quanto digo a prioridade para as pessoas é o emprego, a protecção social e a saúde, de forma que possamos orientar todos em respostas que o país precisa e que o desenvolvimento do país precisa.  O combate é duro, mas nós estamos confiantes e determinados”, realçou.

O chefe do Governo salientou que a situação vivida em 2020 colocou o Estado, famílias e as empresas em situação de privações e muitas dificuldades, realçando por outro lado que Cabo Verde tem dado um bom combate à pandemia de covid-19, que deve continuar no ano de 2021.

“2021 é um ano de novas esperanças e novas oportunidades. Creio que não há alternativa mesmo para o mundo, a não ser termos um ano bem diferente”, disse reiterando que a intenção das autoridades cabo-verdianos é de iniciar com a vacinação ainda no primeiro trimestre para beneficiar os grupos prioritários e parte significativa da população.

Por outro lado, Ulisses Correia e Silva perspectiva que o ano que ora iniciou será um ano de recuperação e relançamento da economia e demonstrou-se confiante em resultados positivos.

“As últimas projecções do Banco Mundial apontam para uma perspectiva de crescimento de 5,5% este ano de 2021. Existe confiança externa na economia cabo-verdiana e temos um pacote importante de investimento privado em curso”, apontou.

Por seu turno o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, disse esperar que esse novo ano se venha a traduzir num ano de forte combate à pandemia de covid-19 e que o país possa ter resultados “bem mais positivos” do registado até agora.

“Esperemos, pois, que do ponto de vista da saúde pública das condições sanitárias, o país em 2021, seja bem melhor que em 2020, porque isso potencia as condições para que o país possa progredir, avançar noutras áreas essenciais nossa vida colectiva e individual”, disse, referindo-se à situação económica e cultural.

Jorge Carlos Fonseca declarou-se plenamente de acordo com as prioridades do Governo para este ano, de colocar no centro das atenções questões como o emprego, a protecção social e a saúde.

“Creio que isso resume bem as prioridades e as expectativas da própria população de Cabo Verde, que é ter emprego, rendimento, ter protecção social em situações de adversidades e ter condições de acesso à saúde e tendo como foco principal o combate à epidemia de covid-19”, sustentou Jorge Carlos Fonseca neste que foi o último cumprimento de ano novo que recebe do Governo como Presidente da República, já que cumpre o último ano do segundo mandato.

MJB/ZS

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos