Embaixadora da UE reconhece “arquitectura sólida” na parceria com Cabo Verde

Cidade da Praia, 09 Mai (Inforpress) – A embaixadora da União Europeia (UE), Carla Grijó, reconheceu hoje a existência de uma “arquitectura sólida” na parceria com Cabo Verde, defendendo que ambos estão “alinhados” nos fóruns multilaterais em torno de objectivos comuns.

Carla Grijó fez essas declarações à imprensa, após a plantação de um dragoeiro no “Cantinho de Amizade”, no Pátio do Ministério dos Negócios Estrangeiros, na Cidade da Praia, em comemoração ao Dia da Europa que se assinala a 9 de Maio.

“Neste momento, (…) de grande incerteza ao nível mundial, penso que parcerias como aquela que existe entre a UE e Cabo Verde só podem ser instrumento de paz, solidariedade e desenvolvimento e são essas as ferramentas que nos permitem ter confiança que seremos capazes de ultrapassar também mais esta crise”, considerou.

Segundo a embaixadora, “as crises são ciclos” e através da resiliência e apoio mútuo das parcerias existentes, melhores serão as condições para as ultrapassar, reconhecendo a “arquitectura sólida” na parceria com Cabo Verde.

“O relacionamento especial está de muito boa saúde, pelo que nos diz respeito, é uma parceria que tem uma arquitectura sólida, nós estamos em permanente diálogo com o Governo (…), através das reuniões regulares, reuniões ministeriais anuais (…) e diálogo diário e constante”, explicou a diplomata.

Carla Grijó avançou ainda o início de um novo ciclo de programação na cooperação, com o objectivo de reduzir a pobreza e a erradicação da pobreza extrema, bem como a transição energética, com a utilização de fontes renováveis de energia.

“São objectivos do Governo cabo-verdiano, assim como são objectivos da UE no seu conjunto e por isso é uma parceria, de facto, em que os interesses se conjugam e mesmo no plano multilateral, vemos Cabo Verde e a UE alinhados nos fóruns multilaterais em torno de objectivos comuns”, observou.

A embaixadora da União Europeia terminou manifestando a “profunda preocupação” pela situação na Ucrânia, apelando para que haja “o mais cedo possível um cessar-fogo incondicional e a retirada das forças russas do território ucraniano”.

Por sua vez, a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Miryan Djamila Sena Vieira, felicitou os países europeus pela data e defendeu a sustentabilidade da parceria com a Europa.

“Com isso, quisemos também transmitir a mensagem de que precisamos de uma maior resiliência, para nós a UE é um parceiro importante, com o qual temos uma parceria especial, no qual também já temos importantes pilares de cooperação”, frisou.

CC/GSF//CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos