ECREEE celebra 11º aniversário com acto solene na cidade da Praia

Cidade da Praia, 06 Jul (Inforpress) – O Centro para Energias Renováveis e Eficiência Energética da CEDEAO (ECREEE) celebra hoje o 11º aniversário com acto solene na Praia, contando com a participação de uma comitiva de alto nível integrada por dirigentes da comissão da CEDEAO.

De acordo com uma nota de imprensa, o acto contará ainda com a presença de ministros e directores de energia dos diversos países que integram a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e terá lugar no início da noite de hoje, num dos hotéis da capital cabo-verdiana.

A organização vai aproveitar a estadia desses dirigentes na cidade da Praia para fazer o balanço das actividades realizadas ao longo dos anos.

De acordo com o programa das comemorações, uma visita de estudo será realizada com o objectivo de partilhar os conhecimentos e aumentar a consciência sobre os progressos realizados na região, na busca pelo cumprimento das metas estabelecidas para 2030 e pela promoção do esforço conjunto para impulsionar o mercado de energia sustentável da África Ocidental.

“Espera-se ainda desta viagem, criar oportunidades de investimento nos Estados membros da CEDEAO através de parcerias público e privadas fazer um balanço da iniciativa ‘Campeão de Energia Sustentável’, bem como apresentar o programa de trabalho do ECREEE em colaboração com os principais parceiros”, refere a nota de imprensa.

O ECREEE destaca Cabo Verde entre os países da CEDEAO, como um precursor e referência na região, no desenvolvimento de projectos de energias renováveis, experiência essa que será partilhada com os outros países.

“Até o momento actual, a taxa de acesso à electricidade é de cerca de 94% e a penetração de energia renovável é maior na região”, refere a instituição.

Instalado formalmente na cidade da Praia a 06 de Julho de 2010, o ECREEE tem por missão promover o desenvolvimento de infra-estruturas e um ambiente de Negócios competitivo para um sector privado competitivo.

Trabalha ainda na promoção do fornecimento eficiente de fontes de energia fiáveis e competitivas para os Estados membros através da exploração comum de fontes de energia tradicionais e alternativas e na promoção do acesso rural à energia a preços acessíveis na região.

MJB/ZS

Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos