Dados do Comando Regional de Santiago Sul e Maio apontam para redução de ocorrências durante as festas (c/áudio)

Cidade da Praia, 05 Jan (Inforpress) – O Comando Regional de Santiago Sul e Maio da Polícia Nacional (PN) registou durante a implementação do Plano Natal e Fim de Ano em segurança uma redução de ocorrências na ordem dos 22,7%, face ao ano de 2017.

Os dados foram apresentados hoje pelo porta-voz do Comando, o comissário Domingos Rosa, depois de uma reunião de balanço e demonstram que no total foram registados 269 casos contra as 348 ocorrências registadas em 2017, na Cidade da Praia.

Entretanto, os dados demonstram que houve um aumento dos crimes de roubo contra as pessoas e uma redução significativa dos crimes contra a propriedade, totalizando numa diferença de menos 79 casos no cômputo geral.

“Este ano, tivemos uma redução em termos de incidência criminal, a começar pelo crime de homicídio”, disse, indicando que este ano não foi registado nem um caso de homicídio em toda a extensão da área abrangida pelo comando durante as festas.

“É um balanço muito positivo e animador que vai nos dar alento para que este ano possamos ter ainda melhores resultados”, disse o responsável, fazendo alusão também à redução de crimes contra propriedade e roubo nas pessoas com recursos a arma de fogo e arma branca.

Em relação às detenções, adiantou que durante o período das festas um total de 68 pessoas foram detidas e apresentadas ao Ministério Público, em virtude de cometimento de infracções diversas, desde agressões, roubo na pessoa e na residência, passando pelo uso e posse ilegal de armas e posse de estupefacientes, entre outras ilegalidades.

Em termos de apreensão, foram capturadas 16 armas de fogo de fabrico artesanal e convencionais e dezenas de armas brancas e uma quantidade considerável estupefacientes, sobretudo, padjinha (cannabis) , telemóveis, electrodomésticos, materiais de trabalho, entre outros objectos.

No que refere ao trânsito, o porta-voz do Comando Regional da Praia adianta que este ano foi também “muito mais tranquilo” em termos de sinistralidade rodoviária, tendo sido registado a redução de números de acidentes com feridos e mortos em toda a extensão da área abrangida pelo comando, comparativamente aos anos anteriores.

Durante o período da materialização do Plano natal e Fim do Ano aconteceram um total de 206 acidentes

O comissário Domingos Rosa considera que essa redução de ocorrências policias durante a quadra festiva de 2018 foi fruto de inúmeras operações de rusga, de visibilidade e de também de prevenção de acontecimentos.

“Nós temos estado, diariamente, a realizar operações, desde o inicio do ano até ao último dia. Temos ainda equipas à paisana, cujo trabalho especifico é prevenir ocorrência de crimes de roubo nas pessoas com recursos à arma. O nosso pessoal tem trabalhado bastante, seguindo a estratégia do comando e tem dado resultados” enalteceu.

A operação Natal e Fim de Ano decorreu de 10 a 31 de Dezembro, e envolveu mais de 400 efectivos.

MJB/JMV

Inforpress/fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos