Dois mortos e 3.500 deslocados devido a confrontos na República Centro-Africana

 

Bangui, 01 Jul (Inforpress) – Os violentos confrontos registados desde terça-feira em Zémio, no sudeste da República Centro-Africana, fizeram dois mortos, quatro feridos e 3.500 deslocados, indicou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

“As equipas [do ACNUR] viram no local dois mortos e quatro feridos. [Os confrontos fizeram] 3.500 deslocados, e os 3.000 refugiados congoleses em Zémio voltaram à República Democrática do Congo (RDC)”, disse na sexta-feira Djerassem Mbaiorem, do ACNUR em Bangui, à agência noticiosa francesa AFP.

Segundo múltiplas fontes, lojas e casas foram alvo de saques e incendiadas por homens não identificados naquela localidade próxima da fronteira com a RDC.

“Os moradores estão com medo. [Os combatentes] pilharam as suas casas, levaram tudo”, afirmou a autarca, Rosalie Naouria, ao telefone a partir da capital da República Centro-Africana.

Lusa/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos