Documentário sobre vida e obra de Tututa Évora será exibido hoje no Centro Cultural Português

Cidade da Praia, 04 Abr (Inforpress) – O Centro Cultural Português, na Cidade da Praia, apresenta hoje o documentário sobre a vida e obra da pianista Tututa Évora, uma realização do cineasta João Alves da Veiga.

O documentário “Dona Tututa”, uma produção de Pedro Canavilha, pelo estúdio B’lizzard e com o apoio da RTP, teve a sua ante-estreia em Janeiro de 2013, na ilha do Sal.

Segundo um comunicado de imprensa enviado à Inforpress, esta ante-estreia contou com a presença de Dona Tututa, familiares, amigos que constituíram uma plateia de cerca de 450 pessoas e nesse mesmo ano, o documentário foi exibido na 4ª edição do Cabo Verde International Film Festival, onde venceu o prémio de melhor filme do festival.

De acordo com a sinopse deste documentário será feita uma viagem desde as “noites quentes e gloriosas do Café Royal no Mindelo de outrora, à vida familiar na inóspita ilha do Sal”.

“Vamos viajar pela biografia – ora coladeira, ora morna – desta apaixonante mulher e celebrar com ela a cultura singular de um país de músicos, que carinhosamente, a trata por Dona Tututa”, lê-se no comunicado.

No documentário de 54 minutos, admiradores de diferentes gerações dão o seu testemunho sobre o “enorme” contributo da compositora/instrumentista para a música popular de Cabo Verde.

De recordar que no passado dia 27 de Março, a filha da compositora e pianista Tututa Évora, Lourdes Pereira, lançou o livro “Tututa Composições”, uma forma de homenagear a mãe e de dar às pessoas um instrumento para aprenderem a tocar e a cantar.

“Tututa Composições”, traz composições organizadas em letra e cifra, voz e cifra e piano e voz, partituras completas para interpretação em qualquer instrumento.

Tututa é nome artístico de Epifânia de Freitas Silva Ramos, nascida no Mindelo a 6 Janeiro de 1919, e falecida no dia 27 de Janeiro de 2014.

Considerada uma figura lendária no país, foi autora de temas como Grito d’Dor, Sentimento, Mãe Tigre e Vida Torturada, entre outros.

Cesária Évora, Bana, Humbertona e a sua filha Magda Évora são alguns dos intérpretes que gravaram seus temas.

AM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos