Docente na Uni-CV pede às empresas para apostarem mais nos profissionais de comunicação

Cidade da Praia, 22 Jun (Inforpress) – A docente do curso de Relações Públicas e Secretariado Executivo na Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) Sandra Lima exortou hoje as empresas e instituições a apostarem mais nos profissionais de comunicação dada a sua importância para as mesmas.

Sandra Lima falava à imprensa, à margem da Jornada de Relações Públicas intitulada “Relações públicas e os desafios da comunicação organizacional”, realizada pelos estudantes do 3º ano do curso de Relações Públicas e Secretariado Executivo, da Escola de Negócios e Governação, da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV).

A também coordenadora da jornada adiantou que o evento se enquadra na disciplina de laboratório de relações com os media, e visa, sobretudo, proporcionar momentos intensos de partilha e troca de conhecimentos sobre a área, com diversos profissionais de diferentes empresas da Praia.

“Estamos a proporcionar este espaço para que os estudantes tenham um contacto mais directo com as empresas sendo que o encontro reúne diversas empresas e profissionais da área de comunicação que vão partilhar conhecimentos úteis para aprendizagem e aprimoramento dos nossos estudantes”, sustentou Sandra Lima.

Conforme enquadrou esta responsável, o curso de relações públicas e secretariado executivo prepara o estudante para, principalmente, trabalhar nas empresas que têm “tarefa árdua” de trabalhar a comunicação interna e externa das instituições, bem como fazer com que o colaborador esteja satisfeito e motivado.

Assim, a docente destacou nesta senda, a importância da comunicação interna e externa nas organizações e o papel dos profissionais nas organizações, apontando que, com debates do tipo, os universitários começam o preparo para lidar com os mais diversos desafios que lhes serão impostos no mercado de trabalho.

“Trabalhar uma comunicação organizacional não é uma tarefa fácil, ensinamos aos estudantes que é preciso conhecer a instituição, sua missão, visão e, acima de tudo, saber quais os desafios da instituição e vestir a camisola. Se um profissional não veste a camisola não vai conseguir trabalhar a comunicação organizacional”, preconizou.

Um dos grandes desafios dos profissionais de comunicação é ter colaboradores satisfeitos e enlaçar os meios digitais já que, argumentou, as empresas, neste momento, têm grandes desafios pela frente quanto à adaptação das mudanças tecnológicas.

Para Sandra Lima, os profissionais de Relações Públicas, nos dias de hoje, têm grande importância nos meios organizacionais, por ser um profissional que além de trabalhar a comunicação, tem a capacidade de resolver conflitos, gerir as crises, e ser um porta-voz da instituição.

“A tarefa do Relações Públicas é, acima de tudo, a gestão da comunicação das empresas, e não só organizar eventos como muitos alegam”, reforçou Sandra Lima.

Por isso, instou as empresas a “arranjar orçamento para apostarem mais” nos gabinetes de comunicação, e nos profissionais de comunicação, em contrapartida, fez saber que os profissionais têm sido muito procurados, não obstante os desafios de integração e da empresa reconhecer que precisa deste.

“Várias instituições solicitem alunos a concluir a licenciatura para fazer estágio e a maioria faz estágio e acaba por ser empregada na empresa”, salientou, desafiando as empresas a darem mais oportunidades aos profissionais e apostar na criação de gabinetes de comunicação.

TC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos