Diretora de operação de PHCV defende foco na prevenção de doenças causadas por maus hábitos alimentares

Cidade da Praia, 06 Jun (Inforpress) – A diretora do Project Health Cabo Verde (PHCV), Elisabeth Moreira, defendeu hoje a necessidade de se focar na prevenção das doenças causadas por maus hábitos alimentares, defendendo ainda uma reeducação alimentar.

Esta responsável, que falava à imprensa após o grupo ser recebido pelo Presidente da República, José Maria Neves, disse ser importante criar um relacionamento entre os Estados Unidos da América e Cabo Verde, uma vez que muitos emigrantes naquele país sofrem das mesma doenças e problemas de saúde que há em Cabo Verde.

“São especialmente doenças vasculares, diabetes e hipertensão. Estamos a tentar focar na prevenção, como moderar a alimentação e fazer mais exercícios que ajudem no sentido de haver menos diabetes e problemas vasculares. Então é muito importante aquela educação do nosso povo aqui em Cabo Verde e também nos Estados Unidos da América”, afirmou.

Os representantes do Project Health Cabo Verde (PHCV), dos EUA, que estarão no país de 6 a 15 de Junho, na sua 13ª missão.

Nesta deslocação, os especialistas, que vêm acompanhados pelo Presidente (Mayor) da Câmara da Cidade de Pawtucket, Donald Grebien, estarão nas Ilhas de Santiago, Fogo e Brava, dando o seu contributo para a melhoria da Saúde das populações.

Presente em Cabo Verde há mais de uma década, o Project Health CV trouxe já às ilhas 14 grupos de especialistas que atenderam mais de 10 mil pacientes e realizaram mais de 200 cirurgias.

Durante as várias missões a Cabo Verde, o PHCV ajudou a desenvolver importantes programas em urologia, uroginecologia, cirurgia de trauma, diabetes e urologia pediátrica, além de promover uma série de palestras médicas e ajudar na transferência de tecnologia e manutenção de equipamentos no sector da saúde.

GSF/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos