Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Dina Salústio apresenta o seu mais novo romance, Veromar, que enriquece a literatura cabo-verdiana

Cidade da Praia, 10 Mai (Inforpress) – A escritora e poetisa cabo-verdiana Dina Salústio lançou esta noite, na Cidade da Praia, a sua mais recente obra literária, o seu nono livro, um romance intitulado “Veromar”, publicada pela editora Rosa Porcelana.

À Inforpress, a escritora apresentou Veromar “como um romance que escreve uma vida, que, ao fim ao cabo, por ela passam muitas outras”, enquanto uma sucessão de acontecimento e encontros/desencontro, de vilões e de pessoas boas, e que tentou colocar tudo o que era menos desagradável em determinadas personagens.

Veromar é para Dina Salústio o nome de uma cidade personagem, criada pela autora para a sua própria estória e que ao longo do livro ficou sempre presente nesta obra que demorou cerca de dois anos a ser escrita e que hoje foi apresentada ao público como 40º livro das edições Rosa Porcelana.

Salústio disse ter gostado da forma como a editora ilustrou a capa desta obra que, “em si está muito bom”, convicto de que “as pessoas vão gostar de ler” esta obra literária aberta ao público, cujo lançamento foi apresentado pela professora investigadora Elvira Reis, da Universidade Cabo Verde, para quem Dina Salústio é uma escritora de dimensão universal.

Já o poeta novelista Filinto Elisio, responsável da Rosa Porcelana, durante o acto do lançamento do “Veromar”, cerimónia que entre outros escritores contou com a presença do Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, também escritor, considerou que a obra nona de Dina Salústio enriquece a bibliografia cabo-verdiana e amplia com qualidade o sistema literário nacional.

Num ano que o mesmo considerou como sendo virtuoso para a prosa, marcado pela conquista do segundo Prémio Camões pela literatura cabo-verdiana e que Vera Duarte lança mais um romance e Fátima Bettencourt vai lançar brevemente mais um livro de contos, Filinto Elísio disse que Veromar vem, também, marcar o seu lugar merecido e agradeceu a autora pela obra.

Veromar é a mais recente obra de Dina Salústio, depois de “Mornas Eram as Noites”, (Spleen Edições, 1998), seu livro de estreia publicado em 1994,“A Louca de Serrano” (romance editado em 1998), “A Estrelinha Tlim Tlim” (livro infanto-juvenil), “O Que os olhos não vêem” (co-autoria com Marlene Pereira) “Filhas do Vento” (romance) e “Filhos de Deus”, (Contos).

Membro da Associação de Escritores Cabo-verdianos e da Academia Cabo-verdiana de Letras, Dina Salústio, já conta com vários prémios literários

Destaque, para 2016, ano em que foi laureada pelo “Pen Club de Galiza”, um galardão anteriormente atribuído aos escritores portugueses como José Saramago, António Lobo Antunes, Sophia de Mello Breyner Adressen e Augustina Bessa Luis, ao brasileiro Rubem Fonseca e ao moçambicano Mia Couto.

SR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos