Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Dia Mundial da Casa de Banho celebrado sob o lema “Valorizar a casa de banho”

Cidade da Praia, 19 Nov (Inforpress) – “Valorizar a casa de banho” é o lema sob o qual o Governo cabo-verdiano assinala o Dia Mundial da Casa de Banho”, que hoje se assinala, e sublinha a importância desse recinto para a saúde pública.

“A saúde pública depende das casas de banho, com consequências devastadoras para a saúde, economia e ambiente, particularmente nas comunidades mais pobres e marginalizadas”, lê-se na nota enviada à Inforpress.

A nota refere ainda à chamada de atenção da ONU para o facto de as casas de banho e os sistemas de saneamento que as suportam serem “sub-financiadas, mal geridas ou negligenciadas” em muitas partes do mundo, com consequências “devastadoras” para a saúde, economia e ambiente, particularmente nas comunidades mais pobres e marginalizadas.

A mesma fonte reforça ainda que as casas de banho também promovem melhorias na igualdade de género, na educação, na economia e no ambiente, sublinhando que o saneamento e a água potável segura são direitos humanos básicos de que todos devem usufruir.

Cabo Verde, acrescentou, devido à sua insularidade tem se “esforçado fortemente” para fazer cumprir o Objectivo de Desenvolvimento Sustentável 6, “Água e saneamento para todos até 2030”. “O país, no que tange à temática, tem notado um crescimento bem significante em garantir as condições sanitárias para todos”, realça.

Segundo a fonte do Governo, a Agência Nacional de Água e Saneamento (ANAS), a entidade nacional reguladora da água e saneamento, tem trabalhado para garantir esse recurso finito a todos, assim como ao saneamento do qual está a desenvolver neste momento um leque de actividades para promover uma mudança de atitudes e comportamentos tocante ao uso da água e saneamento.

O Dia Mundial da Casa de Banho foi reconhecido oficialmente pelas Nações Unidas, em 2013, e tem por objectivo alertar a população para o facto de mais 4,2 bilhões de pessoas no mundo não terem acesso a uma casa de banho limpa, segura e privada e enfrentam muitas formas de discriminação.

ES/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos