Detido em Marrocos suspeito de ligação ao ataque de Barcelona, segundo TV

 

Rabat, 22 Ago (Inforpress) – A polícia marroquina prendeu um homem de 34 anos por suspeitas de ligação ao atentado de Barcelona, informou a televisão marroquina 2M (estatal).

A detenção ocorreu em Uxda, extremo noroeste do país, onde o homem está a ser interrogado neste momento, segundo a televisão, que cita “fontes próximas do processo”.

Outro media da Web assegura que a detenção aconteceu nas primeiras horas de domingo.

Contactado pela agência Efe, o Ministério do Interior disse não poder confirmar a detenção neste momento.

O detido viveu no mesmo bairro da localidade catalã de Ripoll onde residia Moussa Oukabir, um dos membros do comando, e a sua alegada ligação a este torna a detenção “importante”, de acordo com a cadeia.

A cadeia assegura, por outro lado, que outro marroquino ex-residente em Espanha, concretamente na periferia de Barcelona, durante 10 anos, foi detido em Nador, cidade vizinha de Melilla, mas não está claro que tenha relação com o anterior, nem que tenha algo a ver com o atentado de Barcelona.

Este homem, de 28 anos, e “fortemente radicalizado”, declarou lealdade ao grupo extremista Estado Islâmico e preparava “vários atentados”, entre os quais um contra o edifício da Embaixada de Espanha em Rabat, de acordo com a mesma fonte, que não fornece pormenores a este respeito.

Por último, a 2M sublinha que um grupo de peritos da polícia marroquina se deslocou a Barcelona para apoiar as investigações sobre a célula catalã e as possíveis ramificações.

Lusa/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos