Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Deputada Elizabete Évora promete “cumprir a nobre missão com rigor” para ajudar o Governo a aplicar políticas sociais

Cidade da Praia, 18 Mai (Inforpress) – A nova deputada nacional para o círculo eleitoral da Boa Vista pela lista do MpD, Elizabete Santos Évora, prometeu lutar para o bem-comum e elevação do debate parlamentar, visando ajudar o Governo a aplicar as políticas sociais.

Licenciada em contabilidade, administração e auditoria exerceu em tempos a profissão de contabilista numa empresa privada, sendo que nos últimos tempos vem desempenhando as funções de directora do Centro de Emprego e Formação Profissional, na cidade de Sal Rei.

Revelou que a sua entrada na política nasceu a partir de um convite formulado pelo então presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, José Luís Santos, e que desde essa altura disponibilizou-se para dar o seu maior contributo na ilha.

Já eleita para a Casa Parlamentar, manifestou à Inforpress a sua preocupação em trabalhar para o povo cabo-verdiano, particularmente do concelho que a elegeu e mostra-se convicta de que os novos deputados à X Legislatura terão um papel determinante para engrandecer o debate.

“Para quem acompanha normalmente os debates parlamentares sabemos que tem havido algumas críticas em relação aos deputados. Penso que nós, os novos deputados, temos o dever de mostrar aos que lá estão que, mesmo bebendo a experiência deles, podemos levar algo de novo e mostrar realmente o que o povo almeja”, frisou.   

Nascida e criada na aldeia de João Galego, no Norte da Boa Vista, Elizabete Évora, define-se como uma jovem que sempre quis ajudar a sua ilha natal a subir novos patamares e Cabo Verde na sua globalidade a ganhar novos desenvolvimentos, e considera que, como deputada eleita pelo partido do poder, entra logo com “responsabilidades acrescidas”.

“É uma enorme responsabilidade. Realmente irei entrar como deputada nacional logo no partido que está no poder. Daí, como representante do povo, vou com o dever de também fiscalizar e dar o meu contributo ao Governo, de forma que cumpram os compromissos assumidos com os eleitores ao longo da campanha eleitoral. Prometo cumprir toda a minha missão com rigor”, prognosticou.  

Nas vésperas da sua oficialização a esta nobre missão, Évora admite alguma ansiedade nesta incumbência, esperança de que a sua jovialidade lhe permita ter o seu tempo de aprendizado, para aprender e aperfeiçoar com o funcionamento da Casa Parlamentar.

Verdade, rigor e atitude realista são qualidades com que esta novel parlamentar se compromete a fazer a sua imagem de marca, afiançando que conhece bem os problemas característicos de uma ilha como a Boa Vista, de forma a tentar fazer com que o Governo consiga soluções para atacar as demandas.

“Penso que Boa Vista é das ilhas que mais tem sofrido com a crise pandémica da covid-19 que afectou o turismo, o que fez aumentar o número de desempregados, pelo que a ilha está praticamente parada. O Governo deve criar condições para que haja retoma do turismo”, realçou.

Considera que por falta de trabalho nota-se o aumento das desigualdades sociais, evidenciado pelo acrescimento das dificuldades, razão pela qual disse acreditar que a população boa-vistense se reverá na sua postura para encarar a nova realidade, ressalvando desde já que almeja trabalhar em sintonia com o seu eleitorado para melhor resolver os seus problemas.

SR/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos