Défice orçamental reduziu 0,3 pontos percentuais para 3,6 por cento do PIB em 2016 – Banco Central

Ribeira Grande, 07 Abr (Inforpress) – O Banco de Cabo Verde (BCV) divulgou hoje, no seu relatório de política monetária (RPM) que, em 2016, o défice orçamental sofreu uma redução de 0,3 pontos percentuais, para 3,6 por cento do PIB.

De acordo com o RPM do BCV, essa redução do défice orçamental, medido pelo saldo global incluindo donativos, é “resultado do aumento das receitas orçamentais, na ordem dos três por cento”.

“A melhor execução das receitas, em particular de impostos sobre o rendimento de pessoas singulares, do IVA e sobre as transacções internacionais reflectiu o contínuo efeito das reformas fiscais implementadas desde 2013, entre outras, da arrecadação electrónica dos impostos retidos na fonte, bem como a maior dinâmica da actividade económica”, lê-se no RPM do BCV.

O BCV definiu como Política Monetária para os próximos meses “manter o cariz ‘acomodatício’, que a caracteriza há quatro anos, na ausência de pressões significativas na balança de pagamentos e nos preços no consumidor”, isso tendo em conta “o contexto de algum recobro da dinâmica do crédito e da economia, embora de aumento de incertezas sobre a sua evolução a curto prazo”.

Por outro lado, o Banco de Cabo Verde prevê complementar a sua actuação, nos limites conferidos pela sua Lei Orgânica, “no fortalecimento da saúde do sector financeiro, condição necessária para a preservação da estabilidade macro financeira e da confiança na economia bem como o aumento da sua resiliência”, conclui o relatório.

HF/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos