CPLP: Abertas candidaturas para 6ª edição do Prémio José Aparecido de Oliveira

Cidade da Praia, 19 Fev (Inforpress) – O Secretariado Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) anunciou que estão abertas até ao dia 28 de Fevereiro as candidaturas para a 6ª edição do Prémio José Aparecido de Oliveira, atribuído bienalmente pela organização.

Em comunicado, a CPLP elucidou que o Prémio José Aparecido de Oliveira promove a atribuição de um diploma de mérito e de uma prestação pecuniária, que visa reconhecer e homenagear personalidades e instituições que se distingam na defesa, valorização e promoção dos princípios, valores e objectivos da CPLP.

O referido prémio, acrescentou a mesma fonte, visa reconhecer e homenagear personalidades e instituições que se distingam na realização de estudos e trabalhos de investigação que se inscrevam neste âmbito.

As candidaturas ao Prémio José Aparecido de Oliveira, informou a CPLP, podem ser apresentadas a razão de uma por entidade, pelos Estados-membros e pelos observadores, associados e consultivos, através do endereço electrónico:  secretariadoexecutivo@cplp.org.

Instituído em 2011 e de cariz bienal, o prémio consiste na atribuição de um diploma de mérito e de uma prestação pecuniária no montante de 30 mil euros, podendo ser atribuído a personalidades ou instituições cujo contributo, no âmbito da materialização dos princípios, valores e objectivos da CPLP, seja considerado relevante.

A CPLP informa ainda, que o prémio pode ainda ser atribuído a qualquer personalidade, autor de estudos e trabalhos de investigação que se inscrevam no âmbito dos princípios, valores e objectivos da CPLP e que a cerimónia pública e solene de entrega será realizada à margem da Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP.

Os agraciados com esta distinção nas edições anteriores foram, o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, em 2018, em 2016 foi atribuído ao antigo Presidente da República Portuguesa Jorge Sampaio, antigo Secretário Executivo da Comissão Económica das Nações Unidas para África, Carlos Lopes, e Lauro Moreira, diplomata de carreira do Brasil e primeiro Representante Permanente junto à CPLP.

Em 2014, os agraciados foram Kay Rala Xanana Gusmão, antigo Presidente de Timor-Leste e a Igreja Católica Timorense – Centro Episcopal de Timor-Leste.

Em 2012, o antigo Presidente do Brasil,  Lula da Silva foi igualmente galardoado com o Prémio “Prémio José Aparecido de Oliveira.

CM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos