Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19/Santiago Norte: Escolas de condução retomam aulas teóricas e práticas

Assomada, 02 Jun (Inforpress) – A maioria das escolas de condução em Santiago Norte já recomeçaram as aulas teóricas e práticas, e consideram que estão criadas todas as condições para garantir a segurança aos alunos, colaboradores e parceiros.

A Inforpress contactou hoje alguns proprietários das escolas de condução nos municípios de Santa Catarina, São Miguel e São Lourenço dos Órgãos, que asseguraram que estão a respeitar um conjunto de medidas de segurança exigidas pela Direcção-Geral dos Transportes Rodoviários (DGTR), visando evitar a propagação do novo coronavírus (covid-19).

De entre essas medidas de segurança constam a redução dos alunos nas salas e o uso obrigatório de máscaras ou viseiras nas instalações e nos veículos.

Conforme estes responsáveis, a DGTR inicia a partir de hoje os exames teóricos e prevê realizar os práticos a partir do dia 23 de Junho.

Numa ronda feita hoje pela cidade de Assomada, a Inforpress constatou que muitas escolas já contam com alunos nas salas, e outras estavam a fazer limpeza para recomeçarem as aulas.

Recentemente, em entrevista à Inforpress, alguns directores das escolas de condução em Santiago Norte asseguraram que, apesar das dificuldades, vão criar todas as condições para garantir toda a segurança aos alunos, colaboradores e parceiros.

Conforme adiantaram, essas medidas de segurança vão desde o atendimento nas secretarias e ainda durante as aulas teóricas e práticas de condução, respeitando o distanciamento social e o uso obrigatório de máscaras nas instalações.

Relativamente às propinas, todos foram unânimes em afirmar que não haverá aumento e que vão honrar os compromissos para com os alunos que já tinham pago as taxas das aulas teóricas e práticas, e os respectivos exames.

Na ocasião, os entrevistados da Inforpress garantiram que o sector, antes dessa pandemia, já “passava por muitas dificuldades”, razão que os levam a temer pela sobrevivência de algumas escolas, mesmo com os apoios e com a retoma das actividades.

FM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos