Covid-19: Unicef agracia Aldeias SOS com lavabos e materiais de protecção para reforçar plano de contingência da instituição

Cidade da Praia, 07 Ago (Inforpress) – O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) entregou hoje lavabos e materiais de protecção individual às Aldeias Infantis SOS para reforçar o plano de contingência implementado para fazer face aos efeitos da pandemia da covid-19.

Em declarações à imprensa, o director nacional das Aldeias SOS Cabo Verde, Dionísio Pereira, considerou que a doação daquele organismo internacional demonstra que tem acompanhado o trabalho que a instituição está a desenvolver.

“Acreditamos que isto vai potenciar enormemente todo o trabalho realizado e, por outro lado, é um demonstrativo de confiança, uma vez que não é de agora que nós trabalhamos com a Unicef”, observou.

Por isso, reforçou que esta doação revela a “reconfirmação” da disponibilidade e o interesse que a organização tem em trabalhar com as Aldeias Infantis SOS de Cabo Verde.

Por sua vez, o representante da Unicef em Cabo Verde, Opia Kumah, justificou este gesto lembrando que o direito e segurança das crianças são também uma preocupação que não pode ser esquecido.

“O encerramento das escolas, o confinamento obrigatório, a perda de emprego, são factores que podem concorrer para o aumento dos riscos de maus tratos, exploração, violência e abuso sexual”, indicou.

Opia Kumah lembrou que todas essas questões estão no centro das preocupações da Unicef e, por isso, defendeu que é importante priorizar a continuidade dos serviços centralizados na criança.

Essas prioridades, precisou Opia Kumah, têm que ter “especial foco” na igualdade do acesso, particularmente em educação, programas de nutrição, cuidados aos recém-nascidos, bem como programas comunitários de protecção infantil.

“Por isso, o reforço dos cuidados de higiene das crianças e dos profissionais das Aldeias SOS contra a covid-19 é um sinal deste nosso firme comprometimento para a protecção das crianças em Cabo Verde”, frisou.

De referir que o plano de contingência das Aldeias Infantis SOS Cabo Verde segue as directrizes do Escritório Internacional das Aldeias SOS, bem como as recomendações do Plano Nacional de Contingência do Governo.

OM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos