Covid-19: Três comunidades vão beneficiar de fundos para criação de actividades geradoras de rendimento – ONU-Habitat 

Cidade da Praia, 12 Ago (Inforpress) – As comunidades de Iraque no Mindelo, Povoação Velha na Boa Vista e Água Funda na cidade da Praia vão beneficiar dos Fundos Geridos pela Comunidade que vão apoiar as famílias na criação de actividades geradoras de rendimento.

A informação foi avançada pela assessora técnica e ponto focal da ONU-Habitat em Cabo Verde, Jeiza Barbosa, à margem do encontro da Equipa-País1 para a validação da estratégia dos Fundos Geridos pela Comunidade no quadro do Programa Participativo para Melhoria dos Assentamentos Informais (PSUP).

Explicou que o PSUP disponibiliza um fundo no valor de cem mil dólares (cerca de 9 mil contos) para a promoção de actividades geradoras de rendimento nas comunidades de Iraque no Mindelo, Povoação Velha em Boa Vista e Água Funda na Praia.

Durante o encontro vai ser feito um balanço das actividades implementadas até este momento, analisar e aprovar o guia prático que traz um conjunto de critérios e em que áreas podem ser beneficiados.

“Essa actividade já estava prevista na execução do programa, todavia estamos a tentar acelerar a sua implementação porque temos a consciência de que com a crise provocada pela pandemia da covid-19 várias famílias viram reduzidas ou perderam as suas fontes de rendimento”, referiu Jeiza Barbosa que considera que o PSUP tem tido um impacto “positivo” no arquipélago.

Na ocasião adiantou que não é possível contabilizar qual é a percentagem dos assentamentos informais no país, mas sublinhou que tem conhecimento dos bairros que surgem de uma forma não planeada e que vão constituindo os assentamentos informais.

A Equipa-País é um fórum de concertação nacional constituído por um conjunto de instituições nacionais que acompanham as actividades, validam os documentos elaborados para garantir que haja uma articulação e alinhamento das actividades do programa com as prioridades do país.

Jeiza Barbosa assegurou que a 3ª fase do Programa Participativo para Melhoria dos Assentamentos Informais (PSUP) termina em Setembro de 2021, mas mostrou-se confiante de que a mesma poderá gerar sinergias para outros projectos e financiamentos.

Financiado pela União Europeia e implementado pelo ONU-Habitat em parceria com Governo de Cabo Verde, através do MIOTH, o programa abrange cinco ilhas e cidades com diferentes actividades de melhoria dos assentamentos informais.

Cabo Verde faz parte dos 142 países contemplados com o Programa Participativo para Melhoria dos Assentamentos Informais.

AV/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos