Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19/São Filipe: Delegacia de Saúde já vacinou perto de 500 pessoas com mais de 60 anos

São Filipe, 26 Abr (Inforpress) – A Delegacia de Saúde de São Filipe, na ilha do Fogo, vacinou até o dia de hoje um total de 455 pessoas com idade superior a 60 anos, disse a delegada de Saúde, Joana Alves.

A informação foi socializada durante o encontro com a equipa de “task-force” de combate à covid-19 no município de São Filipe e, segundo a médica, as pessoas vacinadas estão mais na faixa etária de 60 a 70 anos, e que existem poucas procuradas na faixa superior a 70 anos.

A estimativa dos dados estatísticos aponta para um total de 1.600 a 2.000 pessoas idosas com idade superior a 60 anos, e, por isso, apelou aos parceiros para ajudar a estrutura de saúde a sensibilizar as pessoas para a vacinação.

A vacinação é feita apenas no posto de vacinação instalado na delegacia de Saúde na cidade de São Filipe, o que implica a deslocação das pessoas das suas zonas de residências até ao posto de vacinação.

A delegada de Saúde disse que para as pessoas acamadas e com dificuldades na locomoção a equipa de vacinação poderá deslocar-se às comunidades para vacinação domiciliar, mas, para tal, é preciso organizar e identificar as pessoas que estão nestas situações para evitar o desperdício de vacinas.

A Igreja do Nazareno de São Filipe, um dos parceiros e integrantes da equipa, além de ter estado a sensibilizar e mobilizar as pessoas idosas para a vacinação, disponibilizou a sua viatura para fazer o transporte de pessoas idosas para o posto de vacinação.

Várias instituições que integram a equipa de combate à pandemia disponibilizaram-se para apoiar as estruturas de saúde na sensibilização das pessoas para a vacinação contra a covid-19.

Quanto aos doentes crónicos com idade inferior a 60 anos, assim como os agentes da Polícia Nacional (PN) que são considerados prioritários ainda não há uma data para o início da vacinação, segundo a delegada de Saúde.

JR/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos