Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19/São Domingos: Autarca salienta que valor da vida humana sobrepõe ao económico

Cidade da Praia, 14 Mai (Inforpress)  – O autarca de São Domingos encara “com “naturalidade” a terceira prorrogação do estado de emergência em Santiago, por considerar que o valor da vida humana sobrepõe ao económico e aconselha um trabalho pedagógico para a retoma das actividades.

Clemente Garcia disse à Inforpress que face a evolução epidemiológica na Cidade da Praia e com a grande mobilidade entre os dois concelhos vizinhos, o leva a pensar que o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, fez uma boa ponderação, acreditando que teve todos os elementos em mãos para a tomada desta decisão.

“Penso que nenhum estado de emergência acaba com o vírus. Agora, há que melhorar a questão cívica dos cidadãos. Que as autoridades cumpram as suas partes, para que possamos conviver com o vírus e retomarmos as actividades”, elucidou, sublinhando que a flexibilidade para a abertura da construção civil vai minimizar os impactos económicos.

Para Clemente Garcia, a autarquia de São Domingos “não vê fortes impactos” com mais esta prorrogação, porque lhe permite abrir, já a partir da segunda-feira, os serviços públicos, particularmente a construção civil, de forma que os trabalhadores possam voltar a trabalhar para os seus sustentos.

Desta forma, adiantou, a câmara vai ficar em parte liberto de muitas despesas sociais, já que a autarquia já tinha elaborado o seu plano de execução para a retoma destas actividades, o que faz com que muitas pessoas deixem de dependerem das cestas básicas.

O Presidente da República prorrogou quarta-feira, 13, o estado de emergência por mais duas semanas na ilha de Santiago, a vigorar das 00:00 do dia 15 até às 24:00 de 29 de Maio.

“Na sequência de consultas a diversas entidades técnicas, políticas e da sociedade civil, e ouvido o Governo, nos termos constitucionais, considerei necessário prorrogar o estado de emergência para a ilha de Santiago, no período compreendido entre as 00:00 do dia 15 de Maio de 2020 às 24:00 do dia 29 de Maio do corrente”, comunicou Jorge Carlos Fonseca, na noite desta quarta-feira, a partir do Palácio Presidencial, no Platô.

O concelho da Praia registou nas últimas 24 horas mais 26 casos positivos de infecção pelo novo coronavírus, elevando-se para 315 o total de infectados no País, desde o início da pandemia.

SR/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos