Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19/Santa Cruz: Comerciantes chineses doam mais de 200 contos em produtos de primeira necessidade

Pedra Badejo, 27 Mar (Inforpress) – Os comerciantes chineses fizeram hoje uma doação de mais de 200 contos em produtos de primeira necessidade à autarquia santa-cruzense para apoiar as famílias carenciadas neste momento em que o País enfrenta a pandemia da Covid-19.

Em declarações à Inforpress, o presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, Carlos Silva, explicou que este gesto “solidário” é da “extrema importância” para o seu concelho.

“Neste momento, para nós este gesto é do tamanho do mundo porque não medimos pela quantidade de coisas que recebemos, mas sim pelo gesto e a boa vontade”, declarou, agradecendo os chineses pela iniciativa, ao mesmo tempo que lançava o repto para outras pessoas seguirem o exemplo.

Até porque, segundo disse, nesta altura a palavra de ordem é a solidariedade, daí a necessidade de convocar a todos para se solidarizarem com os mais próximos, não só com doações, mas também com acções de sensibilização.

“Vamos mobilizar mais apoios e, posteriormente, vamos trabalhar em parceria com as associações comunitárias nas localidades para que essas doações cheguem às famílias com mais dificuldades”, afiançou.

A doação dos comerciantes chineses contempla sobretudo produtos da primeira necessidade, como géneros alimentícios e artigos higiénicos.

Este sábado, 28, um comerciante chinês vai reforçar a doação com dez sacos de arroz.

Paralelamente a esta doação, os jovens santa-cruzense têm em curso uma campanha solidária intitulada “Envie esperança em vez de pânico”, que, segundo o seu promotor, Anilton de Carvalho, surgiu tendo em conta esta pandemia da Covid-19 e muitas publicações nas redes sociais sobre as formas de prevenção como o distanciamento social e a permanência em casa.

“Com base nisso, observei que nem todas as pessoas têm condições para permanecerem em casa”, declarou, defendendo que além de sensibilizar as pessoas é necessário criar condições básicas para os cidadãos permanecerem em casa.

A campanha tem como público-alvo os idosos, uma vez que são os “mais vulneráveis” diante deste cenário.

Para Anilton de Carvalho, esta doação dos chineses reforça as acções de solidariedade a favor dos que necessitam.

De acordo com o site oficial sobre os dados do Covid-19, Cabo Verde tem neste momento 22 casos suspeitos, cinco confirmados, zero recuperados e um óbito.

O Presidente da República afirmou hoje que já emitiu um pedido à Assembleia Nacional para decretar o estado de emergência em Cabo Verse por causa da situação do novo coronavírus, Covid-19.

Jorge Carlos Fonseca disse ainda que deseja poder estar em condições para decretar o estado de emergência o mais tardar até a manhã deste sábado, 28.

WM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos