Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19/Santa Catarina: Jovem promove campanha solidária e distribui cestas básicas para todas as famílias de Rincão

Assomada, 26 Abr (Inforpress) – O jovem Carlos Pereira promoveu uma campanha solidária e arrecadou dinheiro e produtos alimentares que permitiram entregar cestas básicas a todas as famílias da vila piscatória de Rincão, em Santa Catarina, no interior de Santiago.

“Como membro da comunidade, conheço a realidade das famílias que, nos dias normais, passam por muitas dificuldades. Por isso, quando o Governo anunciou as medidas do plano de contingência, surgiu essa ideia de mobilizar apoios para as famílias em dificuldades”, contou à Inforpress o jovem residente em Rincão.

Daí que, segundo ele, foi falando com algumas pessoas e conseguiu mobilizar apoios, através das instituições e empresas locais, e ainda pessoas singulares, sobretudo emigrantes.

“Entregamos cestas básicas a 240 famílias de Rincão. A entrega foi para todas as casas, ou seja, 100 por cento (%) das habitações receberam as cestas básicas”, congratulou-se, lembrando que segundo o Censo 2010 Rincão tem 1048 habitantes.

A campanha arrecadou mais de 460 contos e produtos alimentares, e cada família recebeu uma cesta no valor de 2.220 escudos com produtos básicos como esparguetes, massas camarão, arroz, óleo, sal, lentilhas, caldo galinha, cebola, pão, bolachas, e ainda álcool etílico 96 % e luvas.

Na ocasião, o também professor relevou que os emigrantes pretendem fazer uma nova ronda nos próximos dias.

Em Santiago Norte, todas as autarquias têm em curso a segunda fase de distribuição de cestas básicas às famílias carenciadas, e continuam a receber bens de primeira necessidade de empresários e pessoas singulares, sobretudo emigrantes.

Também na região, com registo de dois casos positivos no Tarrafal, todos os serviços das câmaras municipais continuam encerrados, estando a funcionar somente os serviços “essenciais”, mormente Protecção Civil, Delegacia de Saúde e mercados municipais, mas com número reduzido de vendedeiras.

Todos os seis municípios que compõem a região – Santa Catarina, São Salvador do Mundo, São Lourenço dos Órgãos, Santa Cruz, São Miguel e Tarrafal – têm em marcha as medidas de prevenção e sensibilização, no âmbito do plano de contingência nacional e controlo da covid-19.

Cabo Verde passa a contar agora com 106 pessoas infectadas com o novo coronavírus, sendo 53 na ilha de Santiago (dos quais 50 no concelho da Praia, dois no concelho do Tarrafal, um em São Domingos), 52 na Boa Vista e um em São Vicente.

Do total dos 106 casos confirmados, constam um óbito, um cidadão inglês de 62 anos, que se encontrava de férias na ilha da Boa Vista, e um doente recuperado.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 200 mil mortos e infectou mais de 2,9 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Perto de 800 mil doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

FM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos