Covid-19/Santa Catarina: IGAE esclarece operadores económicos sobre fiscalização e novo horário de funcionamento (c/áudio)

Assomada, 18 Jun (Inforpress) – A Inspecção-geral das Actividades Económicas (IGAE) promoveu hoje um encontro com os operadores económicos do município de Santa Catrina, no interior de Santiago, para esclarecer sobre a fiscalização e o novo horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais.

Em declarações à Inforpress, momentos antes o encontro, o inspector-geral das Actividades Económicas, Paulo Monteiro, que convidou para este encontro operadores económicos na área da restauração, bar, hotelaria e serviços, produtores de grogue, entre outros sectores, disse que o mesmo teve como objectivo auscultar as preocupações, reclamações e dúvidas.

Daí, segundo ele, a realização deste encontro para falar, sobretudo, da importância da fiscalização e do cumprimento do horário de funcionamento dos estabelecimentos, no âmbito das novas medidas sanitárias do Governo, consequência da pandemia de covid-19 e situação de calamidade.

“(…) É preciso esclarecê-los que é preciso cumprir, de facto, os horários, porque estamos numa fase de pandemia”, vincou Paulo Monteiro.

Relativamente a horários de funcionamento nas ilhas em situação de calamidade, o Governo determinou que os estabelecimentos de consumo de bebidas alcoólicas, nomeadamente bares e esplanadas, poderão funcionar até às 21:00 e o atendimento ao público em restaurantes, locais de venda ou consumo de refeições rápidas e similares apenas é permitido até às 23:00.

Já os estabelecimentos autorizados a operar enquanto lounge bar podem funcionar até às 21:00, incluindo fins-de-semana e feriados, enquanto que os estabelecimentos comerciais, com excepção de farmácias e padarias, funcionam normalmente até às 20:30.

Entretanto, antes, o responsável da IGAE manteve uma reunião com a presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, Jassira Monteiro, e com o vereador da Economia Local, Jacinto Horta, para apresentar cumprimentos a nova chefe do executivo camarário e para reforçar cooperação institucional já existente entre as partes.

O encontro, que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Santa Catarina, além dos operadores de várias áreas e localidades, contou com a participação da comandante da Esquadra da Polícia Nacional de Santa Catarina, Zelinda Vasconcelos.

FM/DR

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos