Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Protecção Civil preocupada com comportamento das pessoas na retoma das actividades físicas ao ar livre

Cidade da Praia, 24 Jun (Inforpress) – O presidente da Protecção Civil, Renaldo Rodrigues, disse estar preocupado com o comportamento das pessoas na retoma das actividades físicas ao ar livre, apelando à responsabilidade de todas nesta luta.

Renaldo Rodrigues fez esta intervenção à Inforpress, quando instado se a Protecção Civil tem acompanhado a constante aglomeração de pessoas na praia de Kebra Canela, cidade da Praia, para a prática de actividades físicas.

Conforme explicou, a autoridade está a observar o fenómeno com “alguma preocupação”, referindo que apesar de não se estar no estado de emergência, é necessário o cumprimento das orientações e o papel da população é fundamental neste caso.

“Estamos num momento em que a população tem que colaborar mais e a questão da actividades física é só um exemplo daquilo que tem sido o comportamento das pessoas perante o vírus”, apontou.

Disse que a Protecção Civil está a estudar uma forma de intervir e fazer cumprir aquilo que são as recomendações, nomeadamente, o distanciamento social.

“As pessoas precisam ter a consciência de que não é preciso estar um elemento das Forças Armadas ou da polícia para cumprirem”, defendeu, considerando que há abertura para a prática de actividade física, mas ela tem que ser feita de forma individual.

Indicou que a Polícia Nacional tem agentes em alguns ginásios ao ar livre, principalmente na zona de Kebra Canela e Chã de Areia, ressaltando que caso não se cumpra com as orientações, não descarta a possibilidade de bloquear os espaços, impedindo focos de infecção.

Na última semana, a zona de Kebra Canela estava lotada de pessoas, que se deslocaram para, em grupo, realizar actividades físicas.

Entretanto, hoje a Inforpress pôde constatar uma redução acentuada, tendo os elementos da PN no local, para impedir aglomerações de pessoas.

HR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos