Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Procurador avisa que Código Penal pune quem colocar em risco a vida dos outros

Mindelo, 23 Mar (Inforpress) – O procurador Vital Moeda informou hoje que o Código Penal cabo-verdiano tem dispositivos para punir as pessoas que colocam em risco a vida dos outros e que qualquer pessoa pode denunciar tais actos.

De acordo com uma publicação do procurador nas redes sociais, este aviso é dirigido aos que estão a “colocar em risco” a vida das pessoas, com “desprezo para as indicações de segurança emanadas das autoridades competentes”.

Segundo Vital Moeda, um desses dispositivos é o artigo 156 do Código Penal que versa sobre ‘Crime de perigo de contágio de doença grave’.

Estabelece que “quem praticar, com o fim de transmitir a outra pessoa doença grave de que sofre, está afectado ou contaminado, acto capaz de produzir a infecção ou contágio, será punido com pena de prisão de dois a seis anos, se pena mais grave lhe não couber por força de outra disposição legal”.

O artigo 299 do Código Penal, acrescentou o procurador, delibera sobre o ‘Crime de propagação de doença contagiosa’, ou seja, concretizou “quem propagar doença contagiosa, criando perigo para a vida ou perigo grave para a integridade física de outrem, será punido com pena de prisão de um a seis anos.”

A mesma fonte explicou que “se o perigo for criado ou a conduta for levada a cabo por negligência, a pena será a prevista no nº 3 ou no nº 4 do artigo antecedente”.

Ou seja, a pena será de “seis meses a quatro anos de prisão ou até três anos ou com multa de 80 a 200 dias”.

Segundo o magistrado, estes crimes são públicos pelo que qualquer pessoa as pode denunciar.

CD/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos