Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Primeiro-ministro apela ao reforço das medidas de prevenção após primeiro caso de transmissão local

Cidade da Praia, 27 Mar (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, afirmou hoje que o registo do primeiro caso de transmissão local da covid-19 em Cabo Verde não é motivo de pânico, mas sim de reforço das medidas de prevenção.

Numa declaração à imprensa para anúncio das medidas de apoio às pessoas vulneráveis e aos trabalhadores do sector informal, Ulisses Correia e Silva reforçou a necessidade do respeito pelas medidas de distanciamento social.

“As medidas de distanciamento social significam não ajuntamento, ficar em casa, ficar com distância relativamente aos outros, nada de abraços, nada de aperto das mãos, nada de cumprimentos com beijos. Significam protecção individual, limpeza, lavar as mãos várias vezes por dia e evitar contactos”, referiu o chefe do Governo.

O primeiro-ministro alertou ainda as pessoas para a necessidade da comunicação rápida às autoridades sanitárias em caso de sintomas da doença.

“Esta nas suas mãos. Esta nas nossas mãos. O facto de termos registado o primeiro caso de transmissão directa significa reforço da prevenção”, acrescentou salientando que o Governo está fazer a sua parte tomando medidas para garantiu emprego e rendimento a todos cabo-verdianos nesse momento de crise.

“O nosso é não deixar ninguém de fora”, anunciando diversas medidas para apoiar os grupos mais vulneráveis nomeadamente, atribuição do rendimento social de inclusão a oito mil famílias em situação de pobreza extrema e um valor de 10 mil escudos por um período de um mês, a 30 mil trabalhadores do sector informal.

Igualmente que será implementado um regime de rendimento solidário para trabalhadores do regime REMPE e por conta própria do sector informal, atribuindo-lhes um valor de 10 mil escudos por um período de um mês.

A assistência alimentar imediata a 22.500 famílias, correspondentes a cerca de 90.000 pessoas, cujo rendimento se situa abaixo do salário mínimo ou sem qualquer fonte de rendimento é outra medida anunciada pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

Cabo Verde registou esta quinta-feira o primeiro caso de transmissão local. Trata-se da esposa do cidadão cabo-verdianos de 43, anos que regressou de uma viagem da França.

Até este momento cinco casos positivos do novo coronavírus, sendo três na ilha da Boa Vista e dois na cidade da Praia.

Entre os três casos positivos na ilha da Boa Vista, um resultou em óbito, um cidadão inglês de 62 anos.

MJB/AA
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos