Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19/Praia: Desinfecção dos bairros com maior incidência até sábado sob comando do SNPCB  

Cidade da Praia, 20 Mai (Inforpress) – O Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB) pretende, até ao próximo sábado, fazer a desinfecção dos bairros da Cidade da Praia com maior incidência do novo coronavírus.

Em declarações à Inforpress, o presidente do SNPCB, Renaldo Rodrigues, informou que os trabalhos iniciaram hoje no bairro de Ponta d’Água e que esta quinta-feira, vão estar em Vila Nova/Moinho.

“A intenção é durante a semana dar cobertura a todos os bairros, nomeadamente Eugénio Lima, Vila Nova/Moinho e Achada Santo António e outras com grande concentração”, indicou.

Renaldo Rodrigues explicou que esta campanha segue as indicações do Ministério da Saúde para uma abordagem mais multissectorial nos bairros com maior incidência de casos da covid-19.

Acrescentou que este trabalho de desinfecção é feito em simultâneo com uma campanha de sensibilização e comunicação porta-a-porta bem como a realização de triagem médicas e testes rápidos.

Além disso, acrescentou, contam com um “reforço considerável” das forças de seguranças nos bairros com mais casos positivos, que acompanham profissionais do INSP, corpo dos bombeiros, delegacia de Saúde, IGAE, guarda municipal e líderes comunitário.

Cabo Verde regista o número total de 349 casos confirmados acumulados de covid-19, distribuídos pelas ilhas de Santiago (290, sendo 282 na Praia, dois no Tarrafal, quatro e São Domingos e dois em Santa Cruz), da Boa Vista (56) e de São Vicente (três).

Destes casos testados positivos há a registar 85 recuperados e três mortos – um cidadão inglês, na ilha da Boa Vista, e dois cabo-verdianos, na Cidade da Praia.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de mais de 323 mil mortos e infectou mais de 4,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 1,8 milhões de doentes foram considerados curados pelas autoridades de saúde.

OM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos