Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Portugal doa 60.000 testes a Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe

Lisboa, 05 Mar (Inforpress) – Cerca de 60.000 testes PCR para testagem da covid-19 e respectivos kits de extracção doados por Portugal começam hoje a ser entregues a Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe, anunciou o Governo português.

A medida visa reforçar os meios de diagnóstico e de rastreio, na detecção e tratamento dos casos de infecção e insere-se no compromisso assumido por Portugal no combate à pandemia e na mitigação dos seus impactos nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste.
Cada um destes países receberá 20.000 testes doados por Portugal, com Cabo Verde e a Guiné-Bissau a receber este material ainda hoje e São Tomé e Príncipe no sábado.

A entrega do material será feita às autoridades nacionais daqueles países através das representações diplomáticas portuguesas na Cidade da Praia, Bissau e São Tomé, refere a nota conjunta dos ministérios dos Negócios Estrangeiros e da Saúde portugueses.

A oferta faz parte da segunda fase do “Plano de Acção na resposta sanitária à pandemia COVID-19” entre Portugal e os PALOP e Timor-Leste, promovido pelo Governo português, através destes dois ministérios, a qual prevê apoiar estes países nas áreas de testagem, formação e capacitação e no envio de equipamentos de protecção individual e na vacinação.

Cabo Verde regista, até ao momento, 152 mortos e 15.621 casos de covid-19, a Guiné-Bissau 49 mortos e 3.301 casos e São Tomé e Príncipe 30 mortos e 1.895 casos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.570.291 mortos no mundo, resultantes de mais de 115,5 milhões de casos de infecção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.486 pessoas dos 808.405 casos de infecção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direcção-geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.
I

nforpress/Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos