Covid-19/Picos: Campanha das autoridades municipais e de saúde ajuda a vacinar mais de 300 pessoas

Achada Igreja, 23 Jan (Inforpress) – A mega campanha de sensibilização sobre a vacinação contra a covid-19 que decorreu nos dias 20, 21 e 22, em São Salvador do Mundo, vacinou mais de 300 pessoas de várias comunidades deste município do interior de Santiago.

A iniciativa, promovida pela assembleia e câmara municipais de São Salvador do Mundo, em parceria com o Centro de Saúde local, teve como objectivo sensibilizar as pessoas sobre a importância da vacina contra a covid-19 e a necessidade de todos se vacinarem.

Os promotores classificaram a iniciativa conjunta, que percorreu várias localidades do concelho, de “extremamente positiva”, uma vez que a média de vacinação anterior era de dez a 15 pessoas por dia.

Segundo a presidente da Assembleia Municipal de São Salvador do Mundo, Elsa Rodrigues, existia uma percepção inicial errada de que as pessoas não queriam se vacinar.

No entanto, garantiu que durante esta campanha chegou-se à conclusão de que a razão pela qual as pessoas não se vacinavam se prendia com o facto de muitas famílias viverem em zonas dispersas e distantes do Centro de Saúde e não querem se deslocar ao respectivo centro.

Por isso, Elsa Rodrigues considerou que esta dinâmica de vacinação porta a porta deve continuar, para que o município atinja a média de vacinação do País.

Além de vacinar os adultos, adolescentes e jovens (dos 12 aos 17 anos) com primeira e segunda doses, na ocasião as autoridades municipais e de saúde aproveitaram para apelar as pessoas para tomarem a dose de reforço ou terceira dose.

Em Santiago Norte, com excepção de São Lourenço dos Órgãos, que lidera a lista dos municípios com maiores taxas de vacinação, Santa Cruz e São Miguel, os demais municípios (Santa Catarina, São Salvador do Mundo e Tarrafal) ainda não atingiram a meta dos 70 por cento (%), ou seja, estão aquém da média nacional.

Em Santiago Norte, todas as delegacias de saúde já têm um calendário de vacinação contra covid-19, que contempla deslocações às várias localidades durante os próximos meses.

Daí o apelo a adesão da população, sobretudo das pessoas maiores de 18 anos, tendo em conta que, segundo as autoridades sanitárias, a vacinação vai evitar casos graves de contaminação e até mortes por covid-19.

A RSSN conta com cinco delegacias de saúde, um hospital regional e um centro de saúde (São Salvador do Mundo), que depende da Delegacia de Saúde de Santa Catarina.

FM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos