Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Novos casos de contágio em França descem abaixo dos 20.000

Paris, 28 Fev (Inforpress) – O número de novos casos diários de infecção com covid-19 registado hoje em França caiu ligeiramente abaixo de 20.000, num dia em que também houve menos mortes em hospitais, segundo as autoridades de saúde.

Em França, nas últimas 24 horas, registaram-se 19.952 novos casos de contaminação com o novo coronavírus, fazendo subir o total para 3.755.968, desde o início da pandemia.

Os números de fim-de-semana tendem a ser menores, por causa do menor número de testes, mas mantém-se, de qualquer forma, a tendência de queda dos últimos dias, com 23.996 novos casos no sábado e 25.207 na sexta-feira.

Na quarta-feira, porém, houve um pico de 31.519 novos casos de infecção, o mais elevado número desde Novembro.

O número de mortes com covid-19 também caiu hoje para 122, após 186 óbitos no sábado e 286 na sexta-feira, totalizando 86.454 pessoas que perderam a vida com esta doença.

No que se refere à pressão sobre os hospitais, o número de doentes aumentou hoje para 25.280, face aos 24.989 no sábado.

Da mesma forma, o número de pacientes em unidades de cuidados intensivos aumentou – mantendo a tendência de vários dias – para 3.492, 39 a mais do que no dia anterior.

Entre 15 e 20% da população francesa já está imunizada contra o novo coronavírus, segundo o director-geral de Saúde, Jérôme Salomon.

Em França, até hoje, 2.967.937 pessoas receberam pelo menos uma dose de vacina contra o novo coronavírus, para um universo de 67,4 milhões de pessoas, ou seja, cerca de 4,4% da população.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.526.075 mortos no mundo, resultantes de mais de 113,7 milhões de casos de infecção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Inforpress/Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos