Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Ministério da Educação quer alunos como transmissores de mensagem de protecção

Cidade da Praia, 02 Nov (Inforpress) – A ministra da Educação, Maritza Rosabal, quer que os alunos sejam transmissores de mensagem de protecção às famílias e às comunidades, e espera que as acções das escolas contribuam para a redução da propagação do vírus de covid-19.

A governante falava aos jornalistas no final de uma visita, acompanhada do primeiro-ministro, Ulisses Correia Silva, para testemunhar o início das aulas no concelho da Praia e constatar in loco as condições de segurança sanitária nas escolas.

“Praia é o último município a iniciar as aulas e a mensagem é que as escolas contribuem para acabar com a covid-19. Nós queremos que as escolas contribuam com a sua accão para a prevenção de transmissão. E essa acção nós queremos que se alargue para as comunidades e certamente os nossos alunos serão os melhores transmissores de mensagem de prevenção”, disse a governante.

Cerca de 30 mil alunos, do município da Praia, regressaram hoje às aulas, um mês após o início do ano lectivo, a 01 de Outubro, altura em que a Cidade da Praia era considerada o epicentro do novo coronavírus em Cabo Verde.

O Governo garante que as condições de segurança sanitárias estão criadas nas escolas para prosseguir com as aulas neste contexto de pandemia.

Para além de reduzir as turmas para metade, há em todas as escolas equipamentos para lavagem de mãos à entrada das escolas, os alunos serão todos os dias submetidos a medição de temperatura e devem usar máscaras.

A retoma das aulas no concelho da Praia está a ser feita de forma faseada.

Hoje regressaram às escolas os alunos do 1º ao 4º ano escolaridade, os alunos do 8º, 11º e 12 anos de escolaridade. A partir do dia 09 de Novembro iniciam as aulas para os alunos do 5º e 6º ano de escolaridade, e a partir de 16 de Novembro do 7º, 9º e 10 anos de escolaridade.

A ministra da Educação, Maritza Rosabal, explicou que neste ano considerado atípico há um calendário diferente, com redução dos dias de férias tanto em Dezembro, como em Fevereiro, na época do Carnaval, das férias do segundo trimestre.

Igualmente foi aprovado, através de uma resolução de Conselho de Ministros, um conjunto de medidas excepcionais para contenção dos contágios nos estabelecimentos de educação pré-escolar, ensino básico e ensino secundário.

Neste sentido, o surgimento de um caso confirmado de covid-19 num aluno, na sala de aula, impõe a testagem dos colegas mais próximos, de acordo com o lugar ocupado na sala e o encerramento de três salas de aula distintas por casos confirmados de covid-19, simultaneamente, obriga o encerramento da escola por dez dias.

De acordo com o mesmo documento, os docentes e trabalhadores confirmados com covid-19 ficam suspensos por dez dias.

De acordo com dados actualizados esta domingos pelas autoridades sanitárias, Cabo Verde conta com 715 casos activos, 7.981 recuperados, 95 óbitos e dois transferidos, perfazendo um total de 8.793 casos positivos acumulados.

MJB/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos