Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19/Maio: Cruz Vermelha inicia distribuição de cestas básicas às famílias com mais necessidade

Porto Inglês, 06 Mai (Inforpress) – O Conselho Local da Cruz Vermelha na ilha do Maio iniciou hoje a distribuição de cestas básicas a 73 famílias com mais necessidades em todo os povoados da ilha, pretendendo com a iniciativa benificiar  um total de 117 famílias.

Em declarações à Inforpress, a presidente do Conselho Local, Vandira Barbosa, assegurou que percorreram hoje todos os povoados e vilas da ilha, onde entregaram um total de 73 cestas básicas às famílias mais necessitada e admitiu a possibilidade de beneficiar posteriormente outras famílias, caso isso venha a mostrar-se necessário.

Na cidade de Porto Inglês, a responsável explicou que o processo de distribuição está previsto para o dia 08 de Maio, data em que se comemoração Dia Internacional da Cruz Vermelha e, devido à situação de pandemia vivida a nível mundial, este ano não estão programadas outras actividades.

Vandira Barbosa adiantou que com o apoio proveniente da doação dos jogadores da Selecção Nacional de Cabo Verde, que permitia a composição de 50 cestas básicas, foi ajuntado mais os que o Conselho Local recebeu da direcção central para acudir as famílias, e com isso conseguiram adquirir um total de 117 cestas básicas.

Vandira Barbosa afirmou que algumas famílias contempladas já tinham recebido apoio da Câmara Municipal, lembrando que durante este processo o Conselho Local deu a sua colaboração. No entanto, admitiu que devido ao número de agregado familiar, a quantidade produtos disponíveis mostrou-se insuficiente para garantir a alimentação dos contemplados por vários dias.

“A nossa política não era para contemplar as mesmas famílias, mas devido a esta situação que o país vive, vimos na obrigação de fazer a repetição das doações, visto que a nossa missão é ajudar as pessoas “, salientou, informando que estão a trabalhar com uma outra instituição, no sentido de beneficiar mais famílias em toda ilha.

Sobre o funcionamento do centro, a mesma informou que já voltaram às actividades normais, logo que foi levantado o estado de emergência.

O fundo disponibilizado pela Cruz Vermelha vem na sequência da campanha “Driblando a Pandemia COVID-19”, lançada pelos jogadores da selecção nacional 19”, cujo valor angariado, num montante de 2.065.000$00 (dois milhões e sessenta e cinco mil escudos cabo-verdianos), foi entregue à Cruz Vermelha de Cabo Verde, cabendo a cada um entre 80.000$00 a 330.000$00.

WN/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos