Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Governo está a fazer de tudo para encontrar soluções e um quadro de equilíbrio económico – ministro das Finanças

Cidade da Praia, 31 Mai (Inforpress) – O ministro das Finanças, Olavo Correia, assegurou hoje que o Governo está a fazer de tudo para encontrar soluções e um quadro de equilíbrio para retoma da economia em 2021, sendo que este ano haverá uma forte recessão económica.

O também vice-primeiro-ministro fez esta afirmação depois de terem recebido, no Porto da Praia, cerca de 40 toneladas de material e equipamentos para o reforço no abastecimento de todas as estruturas de saúde, Polícia Nacional e Protecção Civil, visando a prevenção do contágio e o combate do novo coronavírus no arquipélago.

Desde as 00:00 deste sábado, a ilha de Santiago deixou de estar sobre estado de emergência, mas o Governo anunciou na sexta-feira, 29, um conjunto de restrições que vão estar em vigor durante o estado de calamidade, mas com calendarizações diferentes, sobretudo para a ilha de Santiago.

A retoma da economia no País será paulatinamente, e segundo o governante, este ano, “é evidente” que Cabo Verde vai ter uma “recessão económica muito forte”.

Isto porque, explicou Olavo Correia, a economia mundial está “parada e bloqueada”, há registo de confinamento a nível mundial e restrições das viagens, aspetos que vão continuar a afectar a economia no arquipélago.

“Para este ano de 2020, o cenário, provavelmente, é de uma forte recessão da economia cabo-verdiana, mas nós estamos a fazer tudo para encontrar as soluções e encontrar um quadro de equilíbrio, aguentado esta fase mais dura que acontecerá em 2020 e preparando a retoma para o ano 2021”, assegurou.

Cabo Verde regista 421 casos acumulados de covid-19, distribuídos pelas ilhas de Santiago (363), Boa Vista (56) e São Vicente (03).

Do total, registaram-se quatro óbitos, dois doentes transferidos para os seus países e 167 doentes recuperados. O país tem neste momento 248 casos activos.

AM/CP
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos