Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: DNS diz que suspensão de serviços de táxis “ainda não está sobre a mesa”

Cidade da Praia, 22 Abr (Inforpress) – O director nacional da Saúde (DNS) disse hoje que a questão de suspender a circulação dos táxis “ainda não está sobre a mesa”, mas alertou, entretanto, para os cuidados que devem ter os proprietários de táxis e os próprios proprietários.

Artur Correia, que falava na habitual conferência de imprensa para fazer o ponto de situação da Covid-19 no País, respondia assim a questão da Inforpress que queria saber sobre esta hipótese, após um dos casos confirmados ter dito à televisão pública que, possivelmente, terá sido contaminado durante uma viagem de táxi.

O director nacional da Saúde frisou ainda que os táxis, de facto, são veículos de risco porque muitas pessoas frequentam aquele meio de transporte, inclusive uma das pessoas que testou positivo na cidade da Praia.

“Mas esta pessoa também, de certeza, que teve contacto com outras pessoas. Aí podemos reforçar, ainda hoje discutimos esta questão, a necessidade de os proprietários procederem a desinfecção periódica dos táxis”, acrescentou.

Artur Correia também falou na necessidade de os taxistas se protegerem através de máscaras.

“Se os profissionais de Saúde se protegem usando máscaras, os taxistas também correm um risco muito grande, porque todos os dias estão em contacto com muitas pessoas”, alertou.

Cabo Verde conta com 73 casos positivos, sendo 52 na ilha da Boa Vista, 19 na cidade da Praia (dois dos quais vindos da Boa Vista), um no concelho do Tarrafal e um na ilha de São Vicente.

Dos casos confirmados, registou-se um óbito, um cidadão inglês de 62 anos, que se encontrava de férias na ilha da Boa Vista, e um doente recuperado.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 178.500 mortos e infectou mais de 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (45.075) e mais casos de infecção confirmados (mais de 825 mil).

Seguem-se Itália (25.085 mortos, em quase 188 mil casos), Espanha (21.717 mortos, mais de 208 mil casos), França (20.796 mortos, mais de 158 mil casos) e Reino Unido (18.100 mortos, mais de 133 mil casos).

GSF/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos