Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Discotecas em Cabo Verde autorizadas a funcionar a partir de Outubro

Cidade da Praia, 30 Jul (Inforpress) – Cabo Verde sai hoje da situação de calamidade para entrar na situação de contingência, alterando assim o cenário das discotecas que podem voltar a funcionar a partir do mês de Outubro.

De acordo com a deliberação do Governo, publicada no Boletim Oficial, o funcionamento dos estabelecimentos com espaços de dança, nomeadamente discotecas, clubes, pub dancing e salões e os locais onde se realizam festas, é permitido, a partir de 01 de Outubro de 2021.

No entanto, para ter acesso a esses espaços é preciso a apresentação obrigatória de Certificado covid-19, válido de teste, de recuperação ou de vacinação com esquema vacinal completo, ou de teste RT-PCR ou de antigénio válido com resultado negativo.

A mesma fonte informou que a apresentação de um documento comprovativo de vacinação emitido por um País terceiro e reconhecido pelas autoridades sanitárias nacionais é admitida nas situações em que seja exigida a apresentação de comprovativo de despiste da infeção por Sars-CoV-2.

Discotecas e espaços com pista de dança estavam suspensas seu funcionamento desde o início da pandemia no País, causando transtornos aos proprietários, que ansiavam pela reabertura das suas instalações.

O anúncio da situação de contingência que o Cabo Verde entra agora, foi feito hoje pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, na abertura do debate parlamentar sobre o estado da Nação, que lembrou que após os estados de emergência, o País tem vivido, durante muito tempo, em estado de calamidade, como forma de reduzir a propagação de vírus de covid-19.

HR/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos