Covid-19: Director Nacional da Saúde “preocupado” com aumento de casos positivos

Cidade da Praia, 03 Jul (Inforpress) – O director nacional da Saúde manifestou-se hoje “preocupado” com o aumento de casos confirmados da covid-19, afiançando, no entanto, que as autoridades estão a trabalhar para evitar que haja um aumento brusco de casos positivos no país.

Artur Correia manifestou esta preocupação durante a habitual conferencia sobre a evolução da covid-19 no país, tendo adiantado, que Cabo Verde tem neste momento 13 casos suspeitos e 23 doentes internados e que dos 13 internados no Hospital Agostinho Neto, um está em estado critico.

Segundo este responsável, o país soma hoje um total de 711 internados, sendo 343 na Praia, 72 em Santa Cruz, três em São Miguel, 61 em Santa Catarina, 224 no Sal, três em São Vicente, dois na Ribeira Grande (Santo Antão), dois no Maio e um na Ribeira Brava.

Corrigindo os dados divulgados esta manhã no boletim epidemiológico, avançou que o país registou, esta sexta-feira, 81 casos positivos e não 83 como indicado inicialmente, elevando-se assim para 1.382 casos positivos no país.

Avaliando a situação de aumento de casos registados nos últimos dias no país, o responsável de saúde elucidou que relativamente aos dados de hoje, esse aumento deve-se a amostras acumuladas, manifestando, no entanto, preocupação com o aumento de infectados com covid-19.

Estando ciente de que a confirmação de casos irá continuar, Artur Correia afiançou que as autoridades estão a trabalhar para evitar, a todo o custo, que haja um aumento brusco de casos positivos no país e que por enquanto estão a conseguir dar respostas de forma razoável à essa situação.

Garantiu, por outro lado, para breve, a abertura de novos postos nas ilhas do Fogo, Sal e na Praia, elucidando que em relação à Praia, o centro de diagnóstico irá funcionar numa parceria com a Universidade de Cabo Verde.

Cabo Verde passa a contabilizar 1.382 infectados, sendo 643 recuperados, 641 casos activos e 15 vítimas mortais.

A pandemia de covid-19 já causou mais de 516 mil mortos no mundo inteiro e infectou 10,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

CM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
[wd_asp elements='search' ratio='100%' id=2]
    • Categorias

  • Galeria de Fotos