Covid-19: Director Nacional da Saúde confiante na capacidade de resposta em São Vicente para combater propagação do vírus

Cidade da Praia, 20 Nov (Inforpress) – O director nacional da Saúde, Jorge Noel Barreto mostrou-se hoje confiante na capacidade de resposta que a ilha de São Vicente apresenta, a nível dos especialistas e do hospital central, para conter a propagação do vírus.

Jorge Noel Barreto fez esta intervenção durante a habitual conferência de imprensa para avaliar a situação epidemiológica do país, evento que passará a ser realizado agora uma vez por semana, ou seja às segundas-feiras.

Na ocasião, o responsável explicou que o aumento de casos confirmados em São Vicente deve-se à transmissão a nível da comunidade, mas avançou que a ilha tem todas as condições para dar uma boa resposta.

“Pensamos que sim, há bons especialistas e um hospital central com condições”, salientou.

Segundo apontou a ilha começou a ter casos desde Março, mas nunca houve uma propagação nos mesmos moldes que a Cidade da Praia, tendo referido ser difícil avaliar, já que há muitos questionamentos que podem ser levantados.

“Se calhar não houve uma propagação do vírus na ilha ou as pessoas em São Vicente têm alguns factores protectores até agora, ou seja, um conjunto de informações que ainda não temos disponíveis”, disse o director.

A mesma situação regista-se na ilha do Fogo e no concelho de São Lourenço dos Órgãos, em Santiago, e, nesta linha, o director nacional da Saúde apelou mais uma vez à responsabilidade de cada um em seguir as orientações que são frequentemente dadas.

“O número de casos acaba por mostrar que o vírus está a circular e as pessoas devem ter mais cuidados, cumprir as orientações e procurar informações para mitigar o que está a acontecer”, assinalou.

Cabo Verde registou hoje mais 70 casos positivos da covid-19, num total de 501 amostras, pelo que o País passa a contabilizar um acumulado de 10.152 infecções.

A pandemia da covid-19 já provocou pelo menos 1.319.561 mortos resultantes de mais de 54,4 milhões de casos de infecção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus, detectado no final de Dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

HR/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos