Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Director garante que situação epidemiológica é “favorável” e enaltece “efeito protector” das vacinas

Cidade da Praia, 28 Out   (Inforpress) – O director nacional da Saúde garantiu hoje, na Cidade da Praia, que a situação epidemiológica do País é “favorável” e  enalteceu o “efeito protector” das vacinas contra a covid-19.

Jorge Barreto deu essa garantia na apresentação da situação epidemiológica nacional, que precedeu ao comunicado dirigido ao País pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que declarou o fim do estado de contingência e entrada em situação de alerta.

“A situação é bastante favorável, desde 31 de Julho se encontra em estado de contingência e no mesmo período ficamos a saber da circulação a variante Delta no arquipélago, contudo o impacto da sua circulação não foi aquilo que esperávamos’’, apontou.

Esse facto, segundo o responsável, deve-se “muito provavelmente” ao “efeito protector” das vacinas contra a covid-19, quando,  em finais de Agosto, o País já tinha atingido 19 por cento (%) da população elegível adulta vacinada.

“Esperamos que essa tendência se mantenha para que realmente tenhamos que avançar para uma situação de controlo”, apontou.

Segundo Jorge Barreto, doravante o “grande desafio” será a “sustentabilidade ou a manutenção do controlo da pandemia”, informando que neste momento Cabo Verde conta com 11 concelhos com a taxa de incidência acumulada, nos últimos 14 dias, inferior a 25 por 100 mil habitantes.

“Estamos com nove concelhos que ainda tem uma taxa de incidência entre 25 e 150 por 100 mil   habitantes e mais dois municípios com a taxa superior a 150 por 100 mil habitantes”, acrescentou Jorge Barreto, considerando que  esses dois  concelhos  estão a ser “acompanhados”

“Uma outra situação que nos dá conta dessa evolução tem a ver com os internamentos, que se reduziram   consideravelmente. Neste momento nós temos somente quatro pessoas internadas no Hospital de Santa Rita Vieira, em Santiago Norte”, ajuntou o responsável, informando que   essas pessoas não foram vacinadas contra a covid-19.

Para o director nacional da Saúde este facto é mais uma evidência   que as vacinas têm um papel protector, apelando, por isso, uma maior adesão à vacinação, já que,  conforme informou,  o número diário   de  pessoas a tomarem  a primeira  dose tem diminuído.

“Esperamos atingir brevemente   possamos atingir 70%   da população vacinadas com  a primeira dose,  mas é preciso que as  pessoas apareçam para tomar a segunda dose porque  não  ficaram  devidamente protegidos”, alertou.

Cabo Verde registou nas últimas 24 horas mais 18 casos positivos da covid-19 e 57 pessoas foram dadas como recuperadas da doença, no total de  405  amostras  analisadas.

No entanto, o país contabiliza  215 casos activos 37.581 casos recuperados, 349 óbitos, 15 óbitos por outras causas e nove transferidos, perfazendo um total acumulado de 38.169 casos positivos.

A covid-19 provocou pelo menos 4.960.994 mortes em todo o mundo, entre mais de 244,46 milhões infecções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detectado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e actualmente com variantes identificadas em vários países.

OM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos