Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Cruz Vermelha cede parte das suas instalações para servir de enfermaria no combate a covid-19 (c/áudio)

Cidade da Praia, 07 Abr (Inforpress) – A Cruz Vermelha de Cabo Verde procedeu hoje à entrega de uma parte das suas instalações, em Achada Grande Frente, ao Ministério da Saúde, para servir de enfermaria que irá albergar pacientes em situação de aumento de casos de covid-19.

Em declarações à imprensa, à margem da cerimónia de entrega formal do espaço, que foi completamente adaptado para atender possíveis pacientes em regime de quarentena, isolamento social e internamentos, o presidente da Cruz Vermelha de Cabo Verde (CVCV), Arlindo de Carvalho, considerou que esta iniciativa representa o cumprimento de mais uma responsabilidade da instituição.

“Temos estruturas a nível de 19 municípios. Todas estas estruturas estão disponíveis para fins de combate a covid-19, quer em termos de assistência às pessoas, quer a nível de alimentos, atendimento. O espaço já está pronto. Havendo necessidade, pode funcionar o espaço a qualquer momento”, afirmou, adiantando que a remodelação do espaço está orçada em cerca de quatro mil contos.

O responsável adiantou que foi criado um serviço de atendimento de apoio psicológico, que engloba psicólogos da Cruz Vermelha que poderão a partir de agora prestar atendimento online para esclarecimentos e consultas.

Avançou, por outro lado, que a Cruz Vermelha, no âmbito do seu programa na luta contra ao novo coronavírus, tem em curso uma campanha solidária de recolha de alimentos para apoiar as famílias mais carenciadas e pessoas portadoras de deficiência durante o período de estado de emergência vigente no país.

“A Cruz Vermelha é uma organização de socorro. Este é um momento de socorro, por isso apelamos a toda a gente que venha apoiar a Cruz Vermelha. Para dizer também que se associaram a CVCV três organizações internacionais que estão a desenvolver campanhas solidárias para apoiar as causas da CVCV”, referiu.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou mais de 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 75 mil.

Desde a última sexta-feira, Cabo Verde elevou para sete o número de casos de covid-19 com aparecimento de mais esse caso em São Vicente.

Trata-se de uma cidadã de nacionalidade chinesa, 56 anos e casada, residente no Mindelo há cerca de cinco anos, que, segundo o Ministério da Saúde, não esteve ausente do país nos últimos tempos, não teve contacto com algum caso suspeito.

Mas a filha esteve na Alemanha e regressou a Cabo Verde a 27 de Fevereiro.

CM/JMV

Inforpress/Fim.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos