Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Coordenadora diz que 87% dos profissionais de saúde e 24% dos idosos já receberam primeira dose de vacina

Cidade da Praia, 23 Abr (Inforpress) – Em Cabo Verde, 87% dos profissionais de saúde e 24% dos idosos já receberam a primeira dose de vacina contra a covid-19, disse hoje a coordenadora do programa de vacinação,  Evanilda Santos.

Evanilda Santos, que falava à imprensa após acompanhar o primeiro-ministro numa visita ao Centro de Saúde de Achada Grande Trás, confirmou que mais de 14 mil pessoas já receberam a primeira dose de vacina e garantiu que o stock existente no País vai servir para cobrir os próximos grupos-alvo.

Por sua vez, a delegada de Saúde da Praia, Ulardina Furtado, que também acompanhava o primeiro-ministro, informou que a escola hoteleira está a funcionar há cerca de duas semanas, com sete pacientes, sendo que destes quatro com oxigénio.

“As pessoas sem sintomas graves ficam isoladas no domicílio. Na Praia temos cerca de 1.200 pessoas em isolamento domiciliar, pelo que apelamos a estas pessoas a ficarem em isolamento e a não saírem, respeitando assim as normas”, esclareceu.

A delegada de Saúde, na sua declaração à imprensa, afirmou ainda que a tenda colocada no Gimnodesportivo para vacinação vai funcionar a partir de segunda-feira, 26, no pavilhão desportivo do Bairro Craveiro Lopes, por ser um espaço com “melhores condições” para acolher pessoas.

Informou ainda que as pessoas de maior risco, que não têm 70 anos, vão estar programadas para serem vacinadas “em breve”, assim como as pessoas mais jovens com patologias de risco.

Conforme Ulardina Furtado, está sendo organizada a deslocação de técnicos de saúde para vacinação de pessoas acamadas em suas casas.

“Até este momento os serviços possuem capacidade de respostas em termos de recursos e não se corre risco de ruptura para internamento e nem de materiais. Quanto aos médicos temos mais dificuldades, mas os enfermeiros são técnicos bastante preparados e estão a dar resposta de momento”, garantiu.

De acordo com informações do Ministério da Saúde, a distribuição de vacinas para outras ilhas tem sido feita com o apoio do avião dos EUA que se encontra em missão no arquipélago.

PC/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos