Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: COC apela a “djunta mô” para se preparar para Jogos Olímpicos de Tóquio

Cidade da Praia, 17 Jul (Inforpress) – A presidente do Comité Olímpico Cabo-verdiano (COC) reconheceu hoje que os desafios para este ano “são muitos” e que é preciso um “djunta mô” para repensar e se preparar para os Jogos Olímpicos de Tóquio do próximo ano.

Filomena Fortes, que falava à imprensa à margem da cerimónia de plantação de árvores no Estádio Nacional, na Praia, no âmbito das celebrações do 31º aniversário da instituição, avançou que perante a situação actual da covid-19 foram obrigados a suspender uma série de projectos.

A presidente do COC lamentou também o adiamento dos Jogos Olímpicos da Juventude Dakar 2022 para 2026 e fez saber que neste momento o desafio é tentar cumprir o plano de actividades, apesar de não ser possível colocar em prática vários projectos, devido a pandemia.

“Iremos aguardar serenamente para que no final de Outubro, se houver condições, continuamos a fazer as nossas actividades de forma normal”, apontou.

Salientou que este ano celebram o 31º aniversário com sentimento de “humildade” por terem continuado o caminho desbravado pelos seus antecessores, Antero Barros e Franklin Palma, tendo prometido que vão continuar a trabalhar em prol do olimpismo em Cabo Verde.

Filomena Fortes explicou que este ano, o COC decidiu fazer algo diferente e associou-se ao apelo lançado pelo gestor do Estádio Nacional de plantar árvores no Jardim Olímpico, um gesto que visa marcar a recuperação dos doentes infectados pelo novo coronavírus, e que contou também com a participação do Comité Paralímpico e todos os associados do Comité.

A margem do acto, o COC homenageou o presidente da Academia Olímpica de Cabo Verde, Orlando Mascarenhas, e o chefe da missão de Cabo Verde aos Jogos de Tokyo’2020, Leonardo Cunha.

O COC foi fundado a 17 de Julho de 1989, com o objectivo de assegurar a participação de Cabo Verde nos Jogos Olímpicos, e promover o Olimpismo, sob a tutela do Comité Olímpico Internacional. Entretanto, o reconhecimento deste organismo internacional só veio quatro anos mais tarde (1993).

AV/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos