Covid-19: Cabo Verde volta a registar uma morte num dia com 731 novos casos

Cidade da Praia, 01 de Jan (Inforpress) – Cabo Verde voltou hoje a registar mais uma morte por complicações de covid-19, num dia em que o país notificou 731 novos casos e a taxa de positividade chegar a 27,7 por cento (%).

De acordo com o boletim epidemiológico, depois do país atingir o máximo de 994 esta sexta-feira, hoje os casos caíram para 731, resultados de um total de 2.649 amostras analisadas nos diferentes centros de diagnóstico do país.

Todos os 22 municípios registaram casos, com realce para a Praia, com 287 infecções, seguida de São Vicente com 152, Sal com 120, Porto Novo com 40, Santa Catarina de Santiago com 21 e São Filipe do Fogo com 20 casos positivos.

Ribeira grande de santiago registou 09, São Domingos 02, São Salvador do Mundo 06, Tarrafal 02, São Miguel 06, Santa Cruz 05, São Lourenço dos Orgãos 03, Mosteiros 05, Santa Catarina do Fogo, 02, Brava 06, Ribeira Grande de Santo Antão 02, Paul 05, Ribeira Brava 09, Tarrafal de São Nicolau 07, Boa Vista 08, e Maio 11 casos positivos.

Os dados apontam também que 31 infectados foram declarados recuperados, dos quais 15 de São Vicente, três do Paul, um de São Filipe, um de São Domingos e um da Praia.

Com a actualização dos dados hoje o país passa a contabilizar 3.773 casos ativos, 38.312 casos recuperados, 352 óbitos, 17 óbitos por outras causas e 9 transferidos, perfazendo um total de 42.463 casos positivos acumulados.

O óbito hoje registado é proveniente do concelho da Praia, um homem de 68 anos, que padecia de outros problemas de saúde.

O Ministério da Saúde aproveita a oportunidade a para apresentar as suas sentidas condolências às famílias enlutadas.

E no sentido de mitigar as consequências da pandemia de covid-19 em Cabo Verde, as autoridades sanitárias apelam às pessoas para que adiram à campanha de vacinação contra a covid-19 que está a decorrer em todo o país, para que todos possam estar mais protegidos o mais rápido possível.

Reforçam ainda que o apelo para que as pessoas cumpram o distanciamento social, usem máscara e pratiquem a higiene das mãos e demais recomendações das autoridades sanitárias, para evitar a propagação do vírus.

A covid-19 provocou mais de 5,42 milhões de mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Uma nova variante, a Ómicron, considerada preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, a 24 de novembro, foram notificadas infeções em pelo menos 110 países

MJB/JMV
Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos