Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Cabo Verde regista nas últimas 24 horas quatro óbitos e mais 328 novas infecções

Cidade da Praia, 30 Abr (Inforpress) – Cabo Verde reportou nas últimas 24 horas mais quatro óbitos e 328 novos casos positivos de covid-19, sendo Praia a liderar o número de registos (143), seguida de São Vicente (41) e há a assinalar 308 recuperados.

A ilha Brava, que contabilizou na quinta-feira três infecções, depois de cinco meses sem nenhum caso de covid-19, hoje teve o registo de 21 casos positivos.

Ao todo, segundo o Ministério da Saúde e da Segurança Social, foram processadas 1.791 amostras nos laboratórios nacionais.

Os óbitos ocorreram na Praia, São Vicente, Sal e Tarrafal de São Nicolau, respectivamente.

Em termos de pessoas infectadas que se recuperaram, a Cidade da Praia surge à cabeça com 137 casos, seguida de São Vicente (35) Tarrafal de São Nicolau (30), Boa Vista (20), Ribeira Grande (18), Sal (13), Maio (12), Paul (oito), São Domingos (sete), Santa Cruz (sete), Porto Novo (cinco), Órgãos (quatro), Tarrafal (quatro),  São Filipe (três), São Miguel (dois), Ribeira Brava (dois) e Santa Catarina (um).

O País passa a contabilizar 3.085 casos activos, 20.565 recuperados e 217 óbitos, perfazendo um total acumulado de 23.882 casos positivos.

Mais de 150 milhões de casos de covid-19 foram diagnosticados em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o último balanço da agência France-Presse (AFP), numa altura em que se registam recordes diários de contágios.

Desde que o SARS-CoV-2 foi identificado na China, em Dezembro de 2019, foram declaradas 150.337.583 infecções, com quase seis milhões só na última semana, devido sobretudo à explosão de casos na Índia, com 2,5 milhões de contágios nos últimos sete dias.

Entretanto, devido ao número de casos de covid, o Governo colocou hoje o País sob situação de calamidade, encerrando todas as instalações desportivas, proibindo também a prática da actividade, além de limitar o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de zonas balneares, por um período de 30 dias.

A situação de calamidade foi declarada em todo Cabo Verde, excepto na Brava.

LC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos