Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Cabo Verde regista mais 13 novos casos e eleva-se para 95 o número de activos

Cidade da Praia, 04 Dez (Inforpress) – Cabo Verde registou nas últimas 24 horas mais 13 novas infecções pelo novo coronavírus SARS-Cov-2 e cinco recuperados, elevando-se para 95 o número de casos activos a nível nacional.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta noite pelo Ministério da Saúde, do total de 555 amostras analisadas resultaram 13 casos positivos dos quais oito na Praia, três na ilha do Sal, um no Porto Novo e outro em São Miguel, resultando numa taxa de positividade a nível nacional de 2,3%.

Os dados apontam também que os cinco recuperados são provenientes da Praia, com quatro, e Maio com um doente a ser declarado recuperado.

Com os dados de hoje o país passa a contabilizar 95 casos activos, 37.968 casos recuperados, 351 óbitos, 16 óbitos por outras causas e 9 transferidos, perfazendo um total de 38.439 casos positivos acumulados.

O Ministério da Saúde aproveita para apelar às pessoas para que adiram à campanha de vacinação contra a Covid-19 que está a decorrer em todo o país, para que todos possam estar protegidos o mais rápido possível.

Reforça ainda o apelo para que as pessoas cumpram o distanciamento social, usem máscara e pratiquem a higiene das mãos e demais recomendações das autoridades sanitárias, para evitar a propagação da covid-19.

A covid-19 provocou pelo menos 5.233.111 mortes em todo o mundo, entre mais de 263,61 milhões de infecções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detectado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Uma nova variante, a Ómicron, classificada como “preocupante” pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detectada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, a 24 de novembro, foram notificadas infeções em cerca de 30 países de todos os continentes, incluindo Portugal.

MJB/JMV
Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos