Covid-19: Cabo Verde regista mais 10 infecções e contabiliza 43 casos activos

Cidade da Praia, 09 Mai (Inforpress) -Cabo Verde registou mais 10 novos casos de infecções por covid-19 nas últimas 24 horas, do total de 247 amostras recebidas pelas autoridades sanitárias, e o País passa a contabilizar 43 casos activos, informou o Ministério da Saúde.

O boletim epidemiológico indica que os casos positivos foram registados em Porto Novo (04), Boa Vista (02), Praia (01), Santa Cruz (01), Ribeira Grande de Santo Antão (01) e Sal (01).

A mesma fonte avança que seis pessoas foram dadas como recuperadas, distribuídas por Porto Novo (0 2), Boa Vista (02), Ribeira Grande de Santo Antão (01) e São Vicente com (01).

A taxa de positividade situa-se em 1,6%.

Com as novas atualizações, o País passa a contabilizar 43 casos activos, 55.579 casos recuperados, 401 óbitos, 43 óbitos por outras causas e 9 transferidos, perfazendo um total de 56.075 casos positivos acumulados.

Os dados apontam que nos últimos 14 dias foram analisadas 3.812 amostras (uma média de 272 examinadas por dia) e identificado um total de 62 casos novos.

A taxa de incidência acumulada a nível nacional, neste mesmo período, é de 11 por 100 mil habitantes, a taxa de transmissibilidade (Rt) é de 1,40.

Em relação à vacinação, até o dia 07 de Maio, Cabo Verde já tinha utilizado 71.2949 doses de vacinas contra a covid-19, o que corresponde a 68,2%.

Segundo o boletim, 318.816, ou seja (97,8%) adultos já tomaram a 1ª dose, 275.590 (84,6%) já foram completamente vacinados e um total de 70.935, correspondente a (21,8%), já tomou a dose de reforço.

Em relação aos adolescentes, um total de 45.893 cerca de (85,4%) já recebeu a 1ª dose e 38.058 (70,8%) já estão completamente vacinados.

No sentido de mitigar as consequências da pandemia de covid-19 em Cabo Verde, o Ministério da Saúde apelou às pessoas para que adiram à campanha de vacinação contra a covid-19, a decorrer em todo o País, para que todos possam estar mais protegidos o mais rápido possível.

Reforçam também o apelo para que as pessoas cumpram o distanciamento social, usem máscara e pratiquem a higiene das mãos e demais recomendações das autoridades sanitárias, para evitar a propagação da covid-19.

A doença covid-19 é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detectado no final de 2019 em Wuhan, na China.

AV/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos