Covid-19: Cabo Verde está a trabalhar o plano e a logística de vacinação

Cidade da Praia, 23 Nov (Inforpress) – O director do Gabinete dos Assuntos Farmacêuticos, Bruno Santos, informou hoje que Cabo Verde está a trabalhar o plano e a logística de vacinação para covid-19 logo que estiver disponível.

Segundo Bruno Santos, que respondia a perguntas dos jornalistas na conferência de imprensa sobre a situação da covid-19 no país, o sector da saúde está a trabalhar a questão da logística, visto que é a primeira vez que o país vai vacinar “tanta gente” de uma só vez.

“Há também a questão de qual vai ser a vacina que o país vai utilizar, isso depende da cadeia de frio de cada vacina”, disse avançando, por outro lado, que todas as possibilidades estão sendo trabalhadas com o Banco Mundial.

Conforme o director do Gabinete dos Assuntos Farmacêuticos, assim que estiver disponível a vacina as autoridades pretendem adquiri-la para poder imunizar a população cabo-verdiana contra o novo coronavírus.

Ainda de acordo com aquele responsável, no que tange a materiais de protecção individuais o Ministério da Saúde tem pautado por um “trabalho persistente”, tendo estado a fazer distribuição desses materiais a todas as estruturas de saúde.

Segundo resultados provisórios dos ensaios clínicos em grande escala desenvolvidos no Reino Unido e no Brasil, a vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo laboratório britânico AstraZeneca e pela Universidade de Oxford tem uma eficácia média de 70%.

Em relação aos dados já disponíveis, realça a mesma fonte, esta vacina tem uma taxa de eficácia menor do que as da Pfizer/BioNTech ou Moderna, que ultrapassam os 90%.

PC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos