Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Cabo Verde com 43 casos activos, dos quais quatro foram registados nas últimas 24 horas

Mindelo, 18 Nov (Inforpress)- O Ministério da Saúde informou hoje, através do seu boletim epidemiológico, que Cabo Verde tem, actualmente ,43 casos activos da covid-19, sendo que quatro deles foram diagnosticados nas últimas 24 horas.

De acordo com o mesmo documento, os novos casos foram registados em Ribeira Grande de Santo Antão (1), no Porto Novo (1) e no Tarrafal de São Nicolau (2).

Em sentido contrário, contabilizaram cinco recuperados, sendo um na cidade da Praia, um em Santa Catarina , dois no Porto Novo e um em São Vicente.

O mesmo documento indica que o País contabiliza actualmente 37.896 casos recuperados, 349 óbitos, 16 óbitos por outras causas e nove transferidos, perfazendo um total de 38313 casos positivos acumulados.

Face à melhoria da situação sanitária do País, o Governo apresentou hoje o plano de recuperação económica assente em quatros pilares, entre os quais o restabelecimento das actividades das empresas, particularmente os sectores mais afectados da economia.

O vice-primeiro-ministro, Olavo Correia, anunciou que está previsto um conjunto de medidas, primeiro para a promoção de um ambiente de negócios que seja “propício aos investimentos, com concorrência saudável e políticas sustentáveis” e que também estimule o empresariado nacional e constitui atracção de investimento directo estrangeiro.

Para 2022, adiantou que está igualmente previsto um conjunto “muito vasto” de iniciativas ao nível do código de benefícios fiscais, do Regime Jurídico das Micro e Pequenas Empresas (REMPE), dos investimentos dos emigrantes e da própria diáspora no seu conjunto e outros incentivos que estão a ser criados ao nível da Zonas Económicas Especiais (ZEE), para continuar a atrair os investimentos das pequenas, médias e grandes empresas nacionais e estrangeiras.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

CD/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos