Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Covid-19: Cabo Verde com 25 pessoas internadas por complicações da doença, maioria sem a vacinação

Cidade da Praia, 13 Set (Inforpress) – Cabo Verde registou na semana de 06 a 12 de Setembro sete óbitos por complicações de covid-19, cinco pessoas dos quais não estavam vacinadas, e neste momento conta com 25 doentes internados, maioria também sem a vacinação.

Os dados foram revelados hoje pelo director Nacional de Saúde, Jorge Barreto, na conferência de imprensa de balanço semanal da situação epidemiológica do país.

Conforme precisou, das sete pessoas que morreram na sequência da infecção pelo Sars-CoV-2, na semana anterior, cinco não estavam vacinadas e outras duas tinham apenas uma única dose.

“Portanto, 71% dos óbitos registados na semana anterior eram das pessoas que não tinham recebido nenhuma dose de vacina da covid-19 e duas outras tinham recebido apenas uma dose de vacina. Não tivemos óbitos de pessoas completamente vacinadas. Isto representa mais um indício de que a vacina realmente protege das complicações e das mortes”, realçou.

Em termos de pessoas internadas, indicou que nesta data há 25 pessoas internadas, resultando numa taxa de ocupação dos hospitais de 27,5%.

No Hospital Agostinho Neto, na Praia, estão quatro doentes, sendo que dois se encontram em situação mais grave, cinco no Hospital Baptista de Sousa, em São Vicente, dos quais uma em situação grave.

Segundo os dados, 13 doente se encontra acamados no Hospital Santa Rita Vieira, em Santiago Norte, das quais três com complicações grave e três em Ribeira Brava, sendo uma delas em situação que precisa cuidado, embora não esteja muito grave.

Conforme indicou o responsável, dos 25 doentes internados, 13 têm idade igual ou superior a 60 anos, e 10 não estão vacinadas, e as outras 12 pessoas têm idade inferior a 60 anos e oito não estão vacinadas.

“Isto quer dizer que a maioria que está internada não recebeu nenhuma dose de vacina. Nós temos apenas uma pessoa que está completamente vacinada, mas que se encontra estável, mais uma vez é indício de que a vacina tem um efeito protector”, reiterou.

Neste sentido, Jorge Noel Barreto reforçou o apelo no sentido das pessoas aderirem à campanha de vacinação em curso, sobretudo na região de Santiago norte, onde a taxa de vacinação ainda é baixa.

Até este domingo 73,7% da população elegível já tinha recebido pelo menos a primeira dose da vacina, representando 273.140 pessoas, sendo que o concelho do Paúl, Ribeira Grande de Santo Antão, e Tarrafal de São Nicolau já atingiram 100% da estimativa da população maior dos 18 anos.

Cabo Verde recebeu hoje mais 56 doses de vacina de AstraZeneca contra a covid-19, uma doação do Grão-Ducado de Luxemburgo, que vai reforçar o estoque vacinas a nível nacional.

Com mais este donativo perfazem um total de 615.050 doses de vacinas recebidas por Cabo Verde de Março até hoje, que, segundo o director Nacional de Saúde, dão para vacinar cerca de 307 mil pessoas.

Até este domingo já tinham sido utilizadas 60% dessas vacinas.

Cabo Verde registou mais um óbito nas últimas 24 horas, tendo sido notificados mais 52 infecções por Sars-CoV-2, num dia em que 105 doentes foram declarados recuperados.

Com os dados de hoje, o país passou a contabilizar 977 casos ativos, 35.317 casos recuperados, 322 óbitos, perfazendo um total de 36640 casos positivos acumulados.

MJB/JMV

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos