Covid-19: Bispo reúne-se com padres para definir “medidas adequadas” a serem implementadas pela Igreja Católica (c/áudio)

Cidade da Praia, 18 Mar (Inforpress) – O cardeal Dom Arlindo Furtado informou que vai reunir-se hoje com os padres para tomarem as medidas necessárias a serem implementadas pela Igreja Católica na sequência das medidas de restrições anunciadas pelo Governo.

O Governo anunciou hoje na abertura da reunião do Conselho Nacional de Protecção Civil a restrição à realização de eventos públicos que reúnam número significativo de participantes, em espaços abertos ou fechados, independentemente da sua natureza.

Ao ser abordado pelos jornalistas, o bispo Dom Arlindo Furtado assegurou que vão acatar as ordens e as orientações do Governo, pois a Igreja não tem direito de pôr em perigo qualquer medida que possa perigar a vida das pessoas.

“Já foram indicadas as medidas de redução de ajuntamento das pessoas, redução do espaço a um terço da sua capacidade e nós vamos discutir qual é a modalidade que seguiremos para pôr em prática os princípios determinados pelo Governo”, disse, ajuntando que a Igreja não pode “andar em conflito” por causa dessas medidas, uma vez que se trata de um bem comum para todos.

Caso houver necessidade de cancelarem todas as celebrações eucarísticas, assegurou que vão recorrer a outros meios como a televisão, a internet, a rádio, as reuniões em família e outras formas de fazerem as pessoas participarem nas celebrações, tendo em conta a importância da celebração do domingo para os cristãos.

Informou que estão em quarentena cinco seminaristas que chegaram ao País no dia 14 do corrente mês, vindos de Portugal.

Neste momento, assegurou que estes estão bem e estão a ser acompanhados por profissionais da Delegacia de Saúde da Praia.

MF/AM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos